Caminhada contra violência doméstica leva multidão às ruas

Secom Maceió

Centenas de pessoas vestiram a camisa da campanha contra a violência doméstica e marcaram presença na caminhada pela paz em casa promovida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). O evento contou com o apoio da Prefeitura de Maceió e foi realizado nesta manhã de domingo, 8, Dia da Mulher, na rua fechada da Ponta Verde.

Diversos órgãos e secretarias municipais contribuíram para que a caminhada transcorresse de forma tranquila, com o reforço de serviços desde a concentração até o final do evento. Para animar a programação, o percurso contou com aula de zumba, de alongamento, panfletagem e a apresentação da banda do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

Segundo o prefeito Rui Palmeira, a conscientização é uma das formas mais eficientes para se combater a violência doméstica. “A violência contra a mulher é dos grandes problemas no nosso país e em Maceió, isso não é diferente. Nesta caminhada, nos unimos a outros órgãos em prol de uma causa que é mais do que justa. No município, administradas pela Assistência Social, temos os serviços desenvolvidos pelos Cras e casas abrigo. Nossa ideia é continuar expandindo esse tipo de serviço, levando-os para um maior número de comunidades, sempre acompanhado pelo Ministério Publico e Tribunal de Justiça, uma parceria salutar onde todo mundo ganha, especialmente as mulheres”, destacou o prefeito.

A primeira-dama de Maceió, Tatiana Palmeira, destacou o caráter inovador das ações desenvolvidas conjuntamente pelo poder público em alusão ao 8 de março. “É muito importante essa caminhada, pois temos a oportunidade de reforçar que a violência contra a mulher é crime. Através do 180, as mulheres que sofrem com esse tipo de situação podem fazer a denúncia. O poder público só pode agir quando isso acontece”, destacou.

Para a presidente da Associação Alagoana de Magistrados (Almagis), Fátima Pirauá, a participação da Prefeitura foi fundamental para o sucesso do evento. “A caminhada foi muita satisfatória, pois é uma ação que iniciamos hoje com um propósito maior: conscientizar. O convite veio da ministra Carmem Lúcia, vice-presidente do Supremo Tribunal de Justiça, e foi prontamente atendido pelo Judiciário, com o engajamento do Governo Estadual e da Prefeitura. A violência doméstica é a falta de paz em casa e isso se reflete nas ruas”, afirmou a magistrada.

Com uma aula de alongamento, que preparou quem esteve na orla para a caminhada, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) foi um dos órgãos municipais que se fez presente no evento. O percurso de 1,1 km, foi cumprido sem incidentes. Já a Secretaria de Segurança Comunitária (Semsc) teve seu efetivo reforçado no domingo. A Superintendência de Limpeza Urbana (Slum) também reforçou o número de garis na área e a SMTT atuou na organização do trânsito na região.

Participaram da caminhada o governador Renan Filho, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Washington Luiz, a secretária de Estado da Mulher, Rosinha da Adefal, além de outras autoridades e representantes de instituições públicas e entidades de defesa dos direitos da mulher.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top