Governador decreta três dias de luto oficial e políticos lamentam a morte de Suruagy

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

Da Redação
Voz das Comunidades Alagoas 

O atual Governador do Estado de Alagoas Renan Filho decretou luto oficial durante três dias devido à morte do ex-governador Divaldo Suruagy ocorrido no final da tarde do ultimo sábado (21). Através das redes sociais o governador lamentou o fato. ‘’Recebo com tristeza a notícia do falecimento do ex-governador de Alagoas Divaldo Suruagy. Meus sinceros sentimentos a seus familiares. Informo que decretarei luto oficial por três dias”, publicou em sua página.

O presidente do senado Renan Calheiros e senador por Alagoas também lamentou a morte de Suruagy. ‘’ Foi uma honra e um privilégio desfrutar do convívio de Divaldo Suruagy, de sua conversa calma, de seu bom-humor, de seu espírito solidário e de sua cultura geral. Alagoas se despede de um filho querido.”

O deputado federal por Alagoas pelo PMDB Mauricio Quintela também lamentou a morte do companheiro de partido. ‘’Homem Público íntegro, correto, educado. Sua trajetória marcou nossa história como a de poucos Alagoanos”, afirmou e sua rede.

Entidade como o Ministério Público Estadual (MPE), Assembléia Legislativa de Alagoas e a Polícia Militar alagoana emitiram nota através de suas assessorias de comunicação lamentando a morte do ex-governador Suruagy. A Polícia Militar informou que irá cancelar a apresentação do Programa Vem Ver a Banda Tocar que seria realizado na Orla de Ponta Verde, em decorrência da morte de Suruagy.

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

MPE –AL

‘’O procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, e toda a família Ministério Público Estadual lamentam profundamente a morte do ex-governador de Alagoas Divaldo Suruagy, ocorrida no final da tarde deste sábado (21). Ex-chefe do Poder Executivo de Alagoas por três vezes, ex-prefeito de Maceió, ex-deputado estadual e federal e ex-senador, Suruagy teve relevantes trabalhos prestados ao Estado e ao povo alagoano, dedicando quase 40 anos de sua existência à vida pública. À família e aos amigos, ficam o nosso mais sincero pesar e o desejo de força e fé neste momento de dor’’

ALE

”A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Alagoas lamenta o falecimento do ex-governador Divaldo Suruagy. Liderança política que marcou época na história recente do Estado, ao ocupar funçoes de relevância no Executivo e no Legislativo, Suruagy governou nossa terra por três vezes, sendo ainda presidente da Casa de Tavares Bastos, no biênio 1973/1974, da Sétima Legislatura. Em nome de todos os parlamentares, a Mesa manifesta este sentimento de pesar e presta solidariedade aos familiares do ex-governador.”

PM –AL

”O comando-geral da Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do ex-governador do Estado, Divaldo Suruagy, ocorrido no final da tarde deste sábado (21), em decorrência de problemas de saúde. O sepultamento será realizado com as devidas honrarias militares a quem dedicou toda sua vida à política em Alagoas e no Brasil.

Suruagy, que era natural de São Luiz do Quitunde/AL, esteve à frente do Estado por três vezes, em 1978, 1882 e 1994. Sua trajetória na política, onde assumiu diversos cargos, é marcada por grandes acontecimentos, entre eles, ter sido o governador mais votado em todo o País, em 1994.

Em decorrência do seu falecimento e do luto oficial de três dias decretado no Estado, a Polícia Militar informa que está cancelada a apresentação do Programa Vem Ver a Banda Tocar, que seria realizada amanhã, dia 22, na orla da Praia de Ponta Verde. Os esforços da corporação estarão direcionados para o seu velório, programado para ter início às 21 horas de hoje no Palácio Marechal Floriano Peixoto, e ao sepultamento que ocorrerá às 17 horas desse domingo, no Cemitério Parque das Flores.”

Além das principais entidades outros políticos como o atual Prefeito de Maceió Rui Palmeira do PSDB, o ex-governador Teotônio Vilela Filho também do PSDB, o Senador Benedito de Lira do PP, e o ex-presidente da OAB e candidato ao cargo em senador nas eleições de 2014 Omar Coelho também lamentaram através das redes sociais a morte do ex-governador Divaldo Suruagy.”

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

(Crédito: Reprodução)

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top