Governo registra avanços consideráveis na segurança pública nós últimos 20 dias

(Crédito: Assessoria)

(Crédito: Assessoria)

Assessoria

Em 20 dias de novo governo, a Secretaria de Estado de Defesa Social e Ressocialização (Sedres/AL) registra avanços consideráveis no combate à criminalidade, focando uma das principais metas do governador Renan Filho. A criação de uma força-tarefa, o funcionamento do Instituto Médico Legal 24 horas, o aumento do efetivo da Força Nacional, viaturas distribuídas após um ano paradas, doação de uma Amarok para a Asfixia (da Polícia Civil), o repasse de um helicóptero pelo governador Renan Filho, o funcionamento da Central de Flagrantes 2, o reforço da Lei Seca, o retorno de militares lotados em gabinetes às ruas compõem a nova fase da segurança pública em Alagoas.

Com a união das forças policiais, implantada e cobrada à risca pelo secretário Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, em 20 dias foram registradas desarticulações de quadrilhas ligadas ao tráfico de drogas e assaltos, além da apreensão de 753g de cocaína, 14,196kg de crack (em barra), mais 387 pedras do mesmo entorpecente, 48,159kg de maconha e 423 mais bombinhas da droga.

Nesse período, o registro é de 322 pessoas presas e autuadas em flagrante, 17 presos monitorados por tornolezeiras eletrônicas e que descumpriram determinação judicial retornaram ao sistema prisional, mais 108 acusados de planejar crimes e dar comandos de dentro da prisão foram transferidos para o Presídio do Agreste. Também foram apreendidos 40 revólveres, 16 espingardas, 10 pistolas e um rifle.

Esse é o resultado das operações integradas das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Força Nacional, polícias Federal e Rodoviária Federal, Perícia Oficial e Sistema Prisional que, por determinação do secretário Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, desencadeiam ações diárias e impactantes planejadas em reuniões na Sala de Situação da Sedres/AL após avaliação das ocorrências do dia anterior.

Outro ganho recente, aguardando ainda nesta terça-feira (20) a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), é autorização de voo da aeronave Falcão 3, conhecida como esquilo, que estava parada há oito meses e deve voltar ao patrulhamento na quinta-feira. Contando também, agora, com a Long Ranger, ou Falcão 02, recebida diretamente do governador, a Sedres aposta cada vez mais no crescimento de gráficos positivos e que obviamente livrará Alagoas do topo da violência no Brasil e culminará na tranquilidade da sociedade alagoana.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top