Violência em Maceió é destaque em rede nacional

(Crédito: Reprodução/Tv Globo)

Da Redação
Com Profissão Repórter

Maceió, considerada a capital mais violenta do país e a 5ª cidade mais violenta do mundo, volta a ser destaque em rede nacional. A cidade apareceu em um episodio do programa Profissão Repórter, da Rede Globo, exibido na noite dessa terça-feira (9), e mostrou um fim de semana tomado pela violência.

Em um único fim de semana, foram registrados 30 assassinatos. O crime é tão comum, que adultos e crianças parecem acostumados com a violência. O primeiro caso registrado pela equipe foi o de um policial morto em uma tentativa de assalto, no bairro do Tabuleiro dos Martins. Não demorou muito, e ainda durante a gravação, a polícia já havia sido avisada sobre outro assassinato.

Em uma noite, a equipe registrou vários homicídios. Em um deles, uma das vítimas era a dona de um bar que serve bebidas e marmitas. O freguês saiu sem pagar e o dono do estabelecimento reclamou. Pouco tempo depois ele voltou e matou o homem com várias facadas. “Infelizmente aqui no nosso estado, o crime está banalizado mesmo. Choca a gente, como cidadão, porque esses crimes não têm uma motivação. Ele tirou a vida do outro e foi para casa assistir televisão”, diz Rodrigo Sarmento, delegado.

No dia seguinte a uma tentativa de assassinato, um grupo de meninos usa os chinelos da vítima, que ficaram no chão, como traves de gol. Sobre o sangue que ficou na calçada, uma das crianças diz “todo final de semana alguém morre aqui, é comum já”.

De acordo com o programa, ano passado, 50.806 pessoas foram vítimas de homicídio no Brasil. Somadas as mortes em assaltos, lesões corporais, casos de policiais assassinados e ações da polícia, o número real de brasileiros mortos é de 56.348.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top