Dia da Baixada: confira a programação completa!

30 de abril é o Dia da Baixada Fluminense, data que remete à inauguração da primeira estrada de ferro construída no Brasil, em 1854. A ferrovia ligava o Porto de Mauá, em Magé, até Fragoso, no pé da Serra de Petrópolis. A partir desse primeiro trecho surgiram inúmeras outras estações, que possibilitaram novos povoados, que deram origem as atuais cidades da Baixada.

A data é nova, surgiu no ano 2000 e ‘nasceu’ oficialmente dois anos depois, através da Lei número 3.822, de 2 de maio de 2002. Desde então, o dia é comemorado em diversos pontos da região, sempre tentando dar mais visibilidade aos inúmeros talentos da nossa Baixada. Confira a programação deste ano em algumas cidades, tem eventos até no Rio. Anote aí:

Duque de Caxias

Exposição fotográfica “Baixada – Visões e emoções” e apresentação de dança

A exposição acontece entre dos dias 29 de abril e 24 de maio no Caxias Shopping, reunindo fotografias da Baixada Fluminense através das lentes de renomados fotógrafos locais. A mostra promete encantar o público e revelar a região por outros ângulos. E na quinta haverá ainda mais um evento: a Academia de Dança Adriana Miranda fará uma apresentação às 19H. O Caxias Shopping fica na Rodovia Washington Luiz, 2.895. A entrada é franca e outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2430-5110.

Festa na Praça do Pacificador

Promovida em parceria entre o SESC e a prefeitura de Duque de Caxias, o evento vai acontecer durante todo o dia, com diversas atrações. Das 9H às 15H, profissionais de saúde vão atender o público com aferição de pressão arterial, teste de glicose e colesterol, orientação nutricional, entre outros serviços. Das 10H às 15H haverá oficinas de skate e de korfebol, um jogo holandês criado em 1902 que permite a participação na equipe de moças e rapazes. Para as 15H está programada a apresentação teatral “Circo de uma nota sol”, pelo grupo Off-Sina, um musical com palhaços que usam instrumentos como sinetas, panelas e moedas. Às 18H será apresentado o documentário “Donana”, de Cacau Amaral, que mostra a história do Centro Cultural “Donana”, criado em Belford Roxo nos anos 1980. A partir das 18H30, sobe ao palco externo do teatro Raul Cortez o cantor e compositor Dida Nascimento, da banda KMD-5, de Belford Roxo, que vai mostrar seus trabalhos musicais e promover um encontro de artistas da Baixada que se destacaram no reggae e no rock nos anos 80. Entre os convidados Ras Bernardo, Da Ghama (ex-Cidade Negra) e Valnei Ainê (Negril). Encerrado a programação do Dia da Baixada, a banda Cidade Negra, com Toni Garrido, Bino Farias e Lazão fará seu show às 20H, apresentando em seu repertório sucessos como “Onde Você mora”, “Sombra da maldade”, “Pensamento” e a “Estrada”, além de canções do CD “Hei, Afro”.

Japeri

Festa do trabalhador

A festa em Japeri na verdade é em comemoração ao Dia do Trabalhador, mas é festa e com muita música, então está valendo, né? Vestígio Humano e Jaula das Gostosudas são as atrações de quinta-feira. Na sexta tem Cidade Negra, Molejo e Dupla do Pagode. Já no sábado o público confere os shows de Bom Gosto e Nosso Querer. Os shows acontecem entre 19H e 3H, no Paço Municipal, que fica bem próximo da saída do Km 85 do Arco Metropolitano. Clique aqui e confira mais detalhes.

Mesquita

“Qual é o seu talento? – Festival de Talentos”

O evento será uma espécie de show de calouros, com apresentações de artistas profissionais e amadores da cidade. Dança, música, teatro, circo… O evento pretende mostrar a diversidade cultural existente na cidade. O início das apresentações está marcado para 16H, na ‘Praça da Telemar’, perto da estação de trem.

Nilópolis

Exposição fotográfica “Nilópolis de ontem: memória e identidade”

A exposição propõe uma reflexão sobre a história, potenciais da cidade e os diversos aspectos da construção cultural da região. O evento acontece entre 9H e 17H no pátio da prefeitura, que fica na Avenida Mirandela, 401, no Centro.

Território Baixada

O projeto promove ciclo de encontros sobre os processos de criação da Baixada Fluminense. O início da edição deste ano será nesta quinta, limitado a convidados, mas com transmissão pela internet (territoriobaixada.com.br). Clique aqui para conferir todas a programação.

Nova Iguaçu

Apresentação gratuita do espetáculo “O Rei Leão II”

A peça “O Rei Leão II” será apresentada às 15h desta quinta (30) no Teatro Sylvio Monteiro, que fica na rua Getúlio Vargas, 51, no Centro. A entrada é gratuita e as senhas serão distribuídas 30 minutos antes do início do espetáculo. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3779 1180.

Dia da Baixada no Complexo Cultural de Nova Iguaçu

A partir das 14h diversas atrações vão ser oferecidas no local, confira:

14h: Apresentação de Chico Reys (clarineta), na entrada do Complexo

14h: Exibição de filmes infantis, no Teatro Sylvio Monteiro

16h: Poesia na Pele, com Camila Senna, Jéssica Flor e Caroline Costa, no Quintal das Artes

16h30: Apresentação da Companhia de Artes Cênicas de Nova Iguaçu, no Teatro Sylvio Monteiro

17h30: Exibição de filmes, Teatro Sylvio Monteiro

18h30: Hip Hop com DMT, no Quintal das Artes

19h: Apresentação do cantor Douglas Bastos, no Quintal das Artes

19h30: Esquete com o ator Ludoviko Vianna, no Quintal das Artes

20h30: Apresentação do Maracatu Baque da Mata, no Quintal das Artes

Todos esses espaços ficam no Complexo Cultural da cidade, localizado na rua Getúlio Vargas, 51, no Centro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3779 1180.

Encontro de poetas e afins

O tradicional evento acontece com regularidade e reúne poetas da região e também os admiradores da poesia. Moduan Matus e Sil, um ‘casal poeta’ de Nova Iguaçu, são os responsáveis pelo evento. Na edição desta quinta-feira, que começa às 19h, a poeta Marina Coufals de Sena vai apresentar seu livro “Como Vermelho para uma Rosa Pálida”. O evento é gratuito e acontece no Botequim Estação Floresta, que fica na rua Floresta Miranda, 79, no Centro.

Encerramento da mostra “Vai passar”, edição especial Baixada

A mostra “Vai Passar: o cinema pensando as ditaduras militares no Brasil e Cone Sul” vem acontecendo no Sesc Nova Iguaçu desde o início do mês, promovendo a discussão sobre as Ditaduras Militares no Brasil e Cone Sul a partir da exibição de filmes do cinema brasileiro, argentino e chileno. Nesta quinta, último dia da mostra, a programação será especial, em alusão ao Dia da Baixada, com filmes que falam também sobre a história da região. Os filmes programados são ”1962: o ano do saque”, “Tear” e “Quem foi Dom Adriano?”. As apresentações acontecem às 9h, 14h e 19h e nesta sessão última haverá também um debate com Rodrigo Dutra (diretor do filme “1962″), Felipe Ribeiro (produtor do filme “Tear”), Antonio Lacerda (historiador) e Allofs Batista (mestre em História). O Sesc Nova Iguaçu fica na rua Dom Adriano Hipólito, 10, bairro Moquetá. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2797 3001.

Apresentação da peça “Pelas praças da minha Baixada”

O espetáculo foi montado por alunos do curso Fama, escola de teatro que funciona no Centro de Nova Iguaçu, e conta a relação de Culturice, filha de um importante Governador, e Zé Povin, um artista de rua. O objetivo é mostrar, de forma simbólica, as questões sobre o acesso a arte e cultura na Baixada Fluminense. Às 16h, na Praça Rui Barbosa, no Centro.

“MusicAção”

O objetivo é retratar a música como incentivadora e provocadora social. O evento terá Batalha de MC´s e apresentações de Pevirguladez, Wladinir Onni e Jota. A partir das 18h na Praça do Skate, no Centro.

Rio de Janeiro

“Mar de Culturas – Arte sem CEP: fluxos entre a Baixada e a metrópole”

O evento, promovido pela TV Globo, tem o objetivo de promover um bate-papo entre personalidades que nasceram ou mantêm uma relação próxima com a Baixada Fluminense e que influenciam e transformam a vida cultural da região. Entre os convidados estão Atila Bezerra, ator, produtor e idealizador cultural de projetos como a Cia Teatral LocoMotivArte e o Cineclube de Guerrilha da Baixada; Marcus Monteiro, historiador, colecionador, curador de arte e colunista político do jornal Extra (caderno Mais Baixada); e Arthur William, jornalista, professor e idealizador do Rebaixada – projeto que faz um registro histórico das manifestações artísticas na região. A partir das 19h, no Quiosque da Globo, na Praia de Copacabana (altura da Rua Miguel Lemos).

Com informações do portal G1.

Exposição fotográfica “Baixada Fluminense: um registro em fotos e textos das belezas de nossa terra”

Entre os dias 30 de abril e 6 de maio, algumas das inúmeras imagens registradas pelo fotógrafo iguaçuano Paulo Santos vão ficar expostas no Largo da Carioca, Centro. A ideia é mostrar um lado desconhecido da região até por muitos ‘baixadenses’. O público pode conferir o trabalho de segunda a sexta, das 8h às 17h.

São João de Meriti

“Violências Cotidianas sofridas pelas Mulheres da Baixada Fluminense – Um Olhar Sobre a Violência Doméstica e de Gênero”

Além do Dia da Baixada, 30 de abril é também o Dia Nacional da Mulher, e por isso a ONG Casa da Cultura da Baixada Fluminense vai promover o evento “Violências Cotidianas sofridas pelas Mulheres da Baixada Fluminense – Um Olhar Sobre a Violência Doméstica e de Gênero”. Entre as presenças confirmadas estão a do conselheiro e vice-chefe de Missão da Embaixada da Austrália, Devlin Quinton, e da representante da ONU, Nadine Gasman. O objetivo é promover uma reflexão sobre os impactos das ações das políticas públicas sobre a vida das mulheres. O encontro é aberto e gratuito, clique aqui para conferir a programação completa. Para outras informações e também para as inscrições, os telefones são 2751 5825 e 2751 8112.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top