Manual do Rolé | 21 dias de ativismo contra o racismo

Você já pensou como é difícil a vida de uma mulher negra no Brasil? Isso porque ela sofre um duplo preconceito, racial e de gênero. Infelizmente, vivemos numa sociedade que discrimina os indivíduos por conta de suas características e, assim, são criadas as minorias. Negros, homossexuais, transgêneros, mulheres, são tratados como minorias e colocados á margem da sociedade, mesmo, ás vezes, representando o maior número da população. Pensando nisso, o Manual do Rolê separou duas dicas para a semana do Dia Internacional da Mulher, em especial ás mulheres negras, que recebem menos do que os homens, sofrem assédio, injúrias raciais, racismo, possuem menos oportunidades no mercado de trabalho e são pouco valorizas.

Desde o dia 03/03 está rolando no Rio de Janeiro, uma programação com várias palestras, movimentos e conversas sobre o racismo. As atividades vão até o dia 21 de março. O objetivo, desses 21 dias, é mostrar as pessoas que esse assunto deve ser discutido diariamente e a luta depende de todos. No dia 8/03, às 16h, terá a Marcha das Mulheres Negras e a concentração será na Praça da Candelária. Já no dia 09/03, o Centro Cultural José Bonifácio, na Gamboa, será palco de um Bate-papo Afro, às 15h. A interação entre as mulheres é extremamente importante para que uma fortaleça a outra e juntas conquistem as melhorias necessárias.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top