Ação de Natal do ‘Voz das Comunidades’ bate recorde de doações

12ª edição da “Por um Natal Melhor” deste sábado (16) entregou 500 cestas básicas nos Complexos do Alemão e Penha

A ONG Voz das Comunidades realizou neste sábado (16), a 12ª edição da “Por um Natal Melhor”, campanha que distribui cestas básicas para famílias carentes dos Complexos do Alemão e agora, pela primeira vez, da Penha, zona norte. A ação bateu o recorde de arrecadação, foram 500 cestas básicas distribuídas por cerca de 50 voluntários que às 7h da manhã já estavam na sede da organização.

Dentre as famílias que receberam a cesta, estava a de Claudio Ferreira, 61 anos, desempregado. Ele é morador do Morro do Adeus. Além dele, moram na sua casa seis pessoas, entre esposa, também desempregada, e filhos.

- Moro aqui há 40 anos e é a primeira vez que recebo a cesta, veio em ótima hora. - Contou o idoso. Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

– Moro aqui há 40 anos e é a primeira vez que recebo a cesta, veio em ótima hora. – Contou o idoso. Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Divididos em cinco vans, os voluntários entregaram as cestas em mais de 12 localidades: Capão, Casinhas, Favelinha da Skol, Inferno Verde, Matinha, Pedra do Sapo e muitas outras. No Complexo da Penha as doações foram feitas nas favelas Caixa d`agua, Favelinha, Sem Terra e Sereno. Segundo dados do Censo do IBGE de 2010,  60 mil pessoas moram no Complexo do Alemão, e mais de 40 mil na Penha.

Para Gisele Alves, modelo, que esse ano foi voluntária pela terceira vez da ação, ganha mais quem distribuiu a cesta do que quem recebe. “Eles ganham a cesta mas esse não é o maior presente de Natal. O amor, o carinho e o olhar de gratidão que recebemos deles vale mais que muita coisa. A gente vê que não temos motivos para reclamar da vida”.

Criador da ONG e idealizador da ação, Rene Silva, contou que a expectativa para o dia do evento é grande: “É muito gratificante pra gente. É uma das ações que os voluntários, principalmente, ficam o ano inteiro pensando em como vai ser, e ela acaba ajudando muitas pessoas que estão em situações de desemprego, que não recebem nenhum recurso do governo, têm muitos filhos. A gente prioriza essas famílias. É um motivo de muita alegria pra nós poder contribuir com o Alemão. E agora com a Penha, é só um passo para começar nas outras comunidades.“

 

Para a realização da ação, a ONG fez uma campanha de arrecadação de alimentos nas redes sociais e contou com a ajuda de padrinhos da instituição como Luciano Hulk, Preta Gil, Fábio Porchat, Deborah Secco e Fernanda Paes Leme.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top