Amigas do Complexo do Alemão definem as socialites de ‘Mulheres ricas’, da Band, como sem noção

Matéria de Marcelle Carvalho do Jornal Extra:

Elaine, Carli, Cristiane, Fernanda e Gabriela: gente como a gente - Foto: Nina Lima

Elaine, Carli, Cristiane, Fernanda e Gabriela: gente como a gente - Foto: Nina Lima

Nem o “Ai, que loucura!”, de Narcisa Tamborindeguy, nem o “Hello!”, de Val Marchiori. Ao ver o “Mulheres ricas”, da Band — que vai ao ar às segundas-feiras e também conta com Débora Rodrigues, Brunete Fraccaroli e Lydia Sayeg — cinco amigas do Complexo do Alemão usam um bordão próprio para definir o quinteto de socialites.

— Elas são “sem no” (sem noção). Achar normal comprar por R$ 30 milhões um avião grande para caber as compras? Eu, no máximo, chamo um táxi quando estou com mais sacolas — brinca Fernanda Pontes, de 34 anos.

Ela e as amigas Carli Gavinho, de 18 anos, Cristiane Alves, de 34, Elaine Cristina da Conceição, de 39 e Gabriela Santos, de 14, assistiram chocadas à vida de ostentação das peruas.

— É surreal. Ninguém vive assim no meio que a gente anda — diz Carli, impressionada com a gastação, já que a coisa mais cara que comprou foi um perfume em cinco vezes.

Boquiabertas elas ficaram com Val Marchiori brindando e tomando champanhe o tempo todo.

— O melhor é brindar com cerveja gelada! — diverte-se Elaine Cristina, causando uma gargalhada geral. A moça ainda completa: — Elas são frescas. Ter o dinheiro delas, quem não queria? Mas não gastaria daquela forma.

Caçula da turma, Gabriela viu a mãe comprar à prestação seu ar-condicionado.

— Quando a coisa vem suada, você dá muito mais valor — afirma a jovem.

A comida e o figurino do quinteto também ficaram na berlinda.

— Não deu vontade de comer. Se fosse um churrasco… Acho que elas são bregas, sabe? Não significa que por estarem com roupa de grife, estejam bem vestidas — pondera Cristiane.

Via: Extra.globo.com

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top