Bruno Itan representa Foto Clube em exposição na Alemanha

Engana-se quem acredita que os olhos do mundo são apenas para os talentos que estão chegando no Rio. Hoje, em contra-fluxo, Bruno Itan desembarca na Alemanha para expor o trabalho do Foto Clube Alemão. As fotos ficarão expostas entre 28 de julho e 26 de agosto na Academia Intercultural Auslandsgesellschaft, que fica na cidade de Dortmund, e tem o objetivo de apresentar o cotidiano de áreas que não serão vistas durante os Jogos Olímpicos.

Será a primeira viagem internacional do Bruno, que ficará pela Alemanha por dez dias. “A gente está neste projeto desde o ano passado e quem estava a frente de tudo era o Célio Ferreira, um fotógrafo talentosíssimo do Complexo, mas infelizmente ele não conseguiu tirar o passaporte a tempo, por isso achamos melhor que eu fosse representar o trabalho”, conta Bruno que é um dos fundadores do Foto Clube Alemão.

Para chegar à Alemanha, o fotógrafo recebeu ajuda do atual Secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro que custeou a passagem. “Nós não recebemos passagem dos Alemães e, se dependesse de recursos próprios, seria muito complicado estarmos lá. O apoio do secretário foi muito importante para que a gente possa representar o Foto Clube num trabalho tão bacana. Estamos levando o lado poético do Alemão pro mundo. Enquanto as Olimpíadas fazem a exposição de Copacabana e Barra da Tijuca, mostraremos o lado bonito da favela que se a gente não mostrar, ninguém vai conhecer”, reflete o fotógrafo.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top