Capão sofre com abandono do poder publico no Complexo do Alemão

Um dos lugares mais precários existentes no Complexo do Alemão: CAPÃO

20130825-115329.jpg

Quem olha de cima do teleférico, não tem noção da situação que moradores vivem ali embaixo… FOTO: Richard Luiz

Encontramos Dona Vera Lúcia dos Santos, 35 anos, que mora lá com seus 6 filhos e o marido que se encontra doente. Ao primeiro olhar, já se pode ver esgoto correndo a céu aberto, muito lixo espalhado e muitos ratos. Sem nenhum local para lazer, encontramos crianças jogando bola em becos e algumas brincando com a terra suja no chão.

20130825-115948.jpg Dona Vera, mora em uma área que corre o risco de desabamento. Ela nos contou que sua mãe, também moradora do Capão, estava doente e depois de entrar em contato com ratos, piorou e veio a falecer. Um pouco depois, nos mostrou um saco com os ratos que havia tirado de dentro de sua casa. Entramos e nos deparamos com uma das paredes que está sendo comida pelos roedores que vem do lixo e esgoto.

Aqui não vem nenhum político. Não temos ajuda de governo, de PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), nem de ninguém! Vai tudo desabar, todo mundo morrer e vai continuar igual — afirma Dona Vera, revoltada com a situação.

Entrevistamos também Keyla Andrezza Marques da Silva, 19 anos, que mora no Capão com seus dois filhos. Um deles, Karlos Eduardo, 2 anos, foi diagnosticado com virose. – Levei ele no médico e não souberam dizer a causa da virose, já que o único lugar que meu filho tem pra brincar é cheio de lixo —disse Andrezza.

Os moradores nos informaram que já recorreram a Associação de Moradores e foi dito que nada podem fazer, pois o terreno que está desabando pertence à prefeitura.

Vamos compartilhar para que esse caso chegue até as autoridades.

20130825-120238.jpg

Moradora demonstra felicidade na foto, mas vive numa situação muito complicada com descaso do poder público. FOTO: Richard Luiz

20130825-120131.jpg

Moradora mostra saco de ratos que recolheu de dentro de casa. FOTO: Richard Luiz

20130825-120305.jpg

Abandonado pelo poder público, a comunidade do Capão não tem nem praça para as crianças se divertirem. FOTO: Richard Luiz

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top