Casa Brota recebe edição final do Slam Laje em outubro

Batalha classificará concorrente para etapa final que será realizada em dezembro

“Sobe o morro, mano, que o Alemão está vivo!” a frase emblemática descreve o que vai ser a edição final do Slam Laje, única batalha de poesias realizada na favela e para as favelas da cidade do Rio.

O evento vai acontecer no próximo dia 08 de outubro, domingo, a partir das 17 horas, na Casa Brota, no Complexo do Alemão, zona norte. Serão duas batalhas no mesmo dia, a primeira garantirá duas vagas para a segunda rodada que já conta com quatro classificados, todos moradores de zonas períféricas do Rio: Marcela Lisboa, do Complexo da Penha; Favelado Qualquer, de Niterói; W-Black, do Morro dos Macacos e Chal Enigma, de Nova Iguaçu. O vencedor desta etapa estará automaticamente classificado para a final em dezembro, que escolherá um candidato para concorrer ao Brasileiro de Batalha de Poesia Slam, em São Paulo.

O Slam são encontros de poesias faladas onde um júri popular avalia os slammers, os poetas que se apresentam, considerando o texto e o desempenho de cada um. No Rio de Janeiro, o Slam Laje é o único que é produzido regularmente dentro de uma favela.

Foto: Bento Fabio/Voz das Comunidades

Foto: Bento Fabio/Divulgação

Sabrina Martina, conhecida como Mc Martina – rapper, compositora e poetisa – é uma das organizadoras do evento. Ela conta que o principal intuito da roda é mostrar como funciona a batalha e fazer com que a favela conheça esse movimento que está crescendo cada vez mais no Brasil e no mundo, mostrando uma nova forma de expressão artística que contém versos fortes e carregados de representatividade.

Yas Werneck, Negra Rê e Mc Dall Farra compõe o time de mulheres artistas que farão pocket shows para o público.

“Agora que estamos furando a bolha, estamos ocupando espaços, fazendo acontecer para conseguir falar, mas ainda assim tem uma invisibilidade muito grande. E esse evento é para isso. A galera que vai participar dos pockets shows, são pessoas que estão no movimento e fazendo barulho na cena carioca do rap. O intuito de ter chamado elas foi para ter essa parada de representatividade. Sempre que tem algo assim, a maioria que se apresenta são os homens e quando tem uma mulher, a parte dela é sempre menor. Essa de ter só as mulheres é para dar representatividade e também uma visibilidade mostrando que também estamos produzindo.” – afirma Sabrina.

Outra participação será de Mc Theus, de apenas 11 anos, mas que já possui rimas dignas de veteranos, e também das Empreguetes, grupo de dança de meninas na faixa etária de 10 a 12 anos.

SERVIÇO

O que?
Slam Laje #Edição Especial final

Quando?
08 de outubro, 17 às 23 horas.

Onde?

Casa Brota – Rua Ari Barroso, número 17 – Complexo do Alemão, Central. (Próximo ao ponto final das kombis).

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/1844157875897660/

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top