O professor de artes marciais Jean Rodriguo da Silva Aldrovande, mestre da escola Maneco Team, foi morto na tarde de hoje com um tiro na cabeça durante um intenso tiroteio que surpreendeu moradores na entrada da Relicário, no Complexo do Alemão.

“Ele era um cara maravilhoso, ia participar de uma competição em Juiz de Fora, além de disputar o torneio do SESI e um campeonato brasileiro no próximo dia 25”, conta um amigo e vizinho do projeto.

De acordo com moradores, Jean, que seguia um dieta firme e estava focado nos treinos, caminhava em direção a escola de artes marciais onde era funcionário contratado pelo Ministério do Esporte quando foi baleado e morreu na hora.

A família do atleta encaminhou o recibo de pagamento de salário para evitar especulações e acusações indevidas.

Comentários Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Please arrange the below number in decreasing order