Taça de sorvete gourmet é sucesso no Complexo do Alemão

Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

A franquia da Top Cone no Complexo do Alemão tem atraído clientes até de fora da comunidade, atrás do famoso sorvete na taça

Carro chefe da Top Cone da Fazendinha, no Complexo do Alemão, na Rua Nova Esperança, número e área 5, a taça de sorvete gourmet dá água na boca de quem vê e explosão de sabor para quem experimenta. A loja oferece, além da sobremesa, pizza no cone de variados sabores e hambúrguer, também gourmet. Funciona de terça a quinta das 18h até a meia-noite e de sexta a domingo até 1h, além das ofertas de delivery e pelo aplicativo iFood.

Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Aberto há um ano, o negócio aconteceu por vontade, muito trabalho e talento do casal Girleide Germano, 30 anos, e Marcos Alves, 26. Marcos trabalhava com o pai desde pequeno em uma lanchonete e tinha acabado de se formar na faculdade de gastronomia. Girleide é cabeleireira e autônoma há mais de sete anos. Os dois – que exalam uma sintonia tão afinada que um só fala quando o outro termina, sempre com uma informação complementar – andavam amadurecendo a ideia de abrir alguma coisa há algum tempo.

Eram frequentadores assíduos da unidade Top Cone do Engenho da Rainha, também na Zona Norte, desde abril do ano passado. Como gostavam muito dos produtos, pensaram ter encontrado o que abrir. Procuraram o dono para uma conversa, para fazer uma proposta de parceria; e, assim, descobriram que era uma rede de franquia. Tudo foi muito rápido. “Tudo meu é pra ontem. Ele me passou o site numa sexta-feira, eu liguei e queria marcar logo. Mas as sócias só tinham espaço na agenda para a sexta-feira seguinte. Falei: gente, vou ficar louca tendo que esperar uma semana” – conta Girleide, rindo.

No dia marcado, lá estava o casal. Na mesma velocidade do “pra ontem” de Girleide, fecharam o negócio e saíram já anunciando o carro, um Hyundai HB20,  para vender e dar entrada no investimento inicial, como a taxa da franquia e o maquinário necessário. Rápido, sim, mas não sem sacrifícios. “Vender o carro foi um ato de coragem. Chorei, briguei com ele, mas ele me disse que ia dar tudo certo. E graças a Deus, está dando”. Em dois meses a loja era inaugurada e muito bem recebida pelo público, relembra o casal em coro.

O boom maior ainda estava por vir. Em fevereiro, a Top Cone liberou para venda das franquias o produto que hoje é a grande estrela, a taça do sorvete. “Bem na época do Carnaval, e eu nunca tinha deixado de viajar, adorava”, diz Girleide. De novo o sacrifício valeu a pena. Depois de ter anunciado no grupo do Facebook “Joga pra rolo” e ter mais de mil curtidas, em plena sexta-feira do feriado, eles não paravam de ver gente chegar. Só os dois trabalhando, como costumava ser, enquanto a fila só aumentava. A família deu uma moral. Mãe, irmão e até a filha de 11 anos, Paula Gabrielle, ajudaram até o domingo, quando a rua chegou a fechar por causa do movimento.

Foi aí que o lugar ficou pequeno. O lucro da novidade viabilizou a mudança para um espaço maior, o atual endereço, em abril deste ano. Em seguida inseriram o hambúrguer gourmet no cardápio. Nesse meio tempo, mais especificamente em outubro do ano passado, chegaram a abrir uma filial no Parque União, no Complexo da Maré. Mas aí ficou pesado. Girldeide ficou sozinha na unidade do Alemão e ainda mantendo o trabalho em salão, no Loteamento da Nova Brasília. E mesmo com apenas uma loja, Marcos diz a rotina é correria.

Formado em gastronomia, Marcos aplica suas habilidades no negócio - Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Formado em gastronomia, Marcos aplica suas habilidades no negócio – Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Com ele no comando da cozinha, Girleide na administração e a ajuda da filha que fica no caixa, que segundo a mãe e o padrasto é super inteligente, estão tocando a loja com apenas uma funcionária no fim de semana. Sem ter medo de ousar, Girleide avalia um dia deixar a franquia para ter mais liberdade de venda. Para eles, abdicar do fim de semana pelo sonho das conquistas – todas postas em metas com tempo – só é dolorido por não poderem ir à igreja. “Mas Deus sabe de todas as coisas e uma hora a gente vai conseguir uma pessoa para colocar aqui e irmos à igreja no domingo”. Acredita, Girleide.

A receita de sucesso dessa “parceria total”, como concorda o casal, eles atribuem ao amor.  “Está dando certo porque fazemos com amor, com o maior carinho”. Eu gosto muito do melhor. Tudo que a gente pensa e faz para o cliente a gente se dedica mesmo. Procuramos a qualidade em tudo o que fazemos”.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top