Cidade Correria: espetáculo volta em cartaz e pede ajuda em “vaquinha coletiva”

Fotos: Betinho Casas Novas

“O Coletivo Bonobando quer levar Cidade Correria para o Teatro Ipanema!”

Passando por cinco bairros carioca, o espetáculo, formado por um elenco de atores da periferia, realizado pelo Grupo Teatro na Laje e o Coletivo Bonabando, contou nos anos de 2015 e 2016, a história da invasão de um teatro, por um grupo de atores, para viverem grandes histórias de uma cidade inventada, cidade essa chamada de Correria. “O público é levado a conhecer a cidade caos, cidade contradição, cidade maravilhosa, cidade impedida, cidade carnaval, cidade invenção, cidade revolução..” A peça nasce do primeiro projeto de ocupação artística das quatro arenas da prefeitura, uma parceria do Grupo Teatro da Laje e o Observatório de Favelas, viabilizado através do Edital de Fomento da Secretaria Municipal de Cultura.

Espetáculo Cidade Correria na Arena Carioca Dicró, Penha, Zona Norte do Rio Foto: Betinho Casas Novas / Jornal Voz da Comunidade

“Cidade Correria, do Coletivo Bonobando, circulou por todas as Arenas Cariocas em 2015 e realizou, em maio de 2016, uma bem sucedida ocupação no Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto, no Humaitá, com diversas atividades, o teatro lotado e excelentes críticas. Esta campanha de financiamento coletivo tem como objetivo a realização da segunda temporada de Cidade Correria no Teatro Ipanema, em março, às quartas e quintas, às 20h. Estamos vibrando com a possibilidade de ocupar o Teatro Ipanema, um espaço de referência histórica para as produções artísticas de juventude. Esta é mais uma oportunidade para o publico carioca assistir a Cidade Correria, uma cena necessária, potente e singular, emergida de nossas vidas cotidianas na cidade…” conta o release do grupo no site do financiamento coletivo.

Criado em 2014, o Coletivo Bonobando é composto por jovens atores de territórios populares da cidade. A cena conjugou as práticas cotidianas desta juventude, através de um processo de criação coletiva radical, desenvolvido a partir das relações sensíveis e políticas entre os artistas do grupo, descentralizando e atritando as diferenças na cidade. Esta dramaturgia coletiva foi processada pelas relações entre corpos urgentes, insurgentes, com histórias, memórias e desejos distintos. Cidade Correria não é uma história, é uma ocupação, um transbordamento das emergências cotidianas, expondo contradições, pulsando alegrias, feridas e potências. A cidade trágica, a cidade cômica. Uma cidade supra real, em deriva, que poderia ser a nossa cidade, ou qualquer cidade. O público é levado a conhecer esta cidade caos, cidade contradição, cidade maravilhosa, cidade impedida, cidade carnaval, cidade invenção, cidade revolução.

Para ajudar o Coletivo Bonobando a fazer mais um espetáculo, contribua através da vaquinha online, pelo link:

https://www.catarse.me/cidade_correria_em_ipanema

Texto: Equipe Coletivo Bonobando 

Imagens: Preta Portê Filmes.

Comentários Facebook

comentários

One Comment;

  1. Pingback: Best Writing Service

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top