Encontro de Africanidades, Baile do Furduncin e Feijoada Imperial: a movimentação cultural na periferia carioca

Foto: Thiago Cardoso

Na semana passada, o tema da coluna foi um evento que aconteceu no centro da cidade – a FLUP 2018 – e, por isso, hoje as dicas vão ser um pouco diferentes. A primeira parada vai ser no bairro de Santa Cruz, também conhecido como o mais distante da região central do município. E, sim, são extremos bem diferentes.

Pensando no protagonismo histórico do povo negro, Patrícia Carvalho tomou a iniciativa de criar o Encontro de Africanidades de Santa Cruz. “… é impossível que as pessoas ignorem [tanto] que os escravos construíram tudo isso aqui. Que a história começou com eles” disse Patrícia.

O evento vai se dividir em dois dias e, em sua programação, estão previstas mesas de debate – discutindo temas como “O fim do período da escravização no Brasil, reparação histórica e as recentes políticas afirmativas” e “O papel do negro na literatura” -, apresentações artísticas, exposições de arte, lançamentos de livros e várias outras atividades. O encontro acontece nos dias 17 e 18 de novembro, à partir das 10:00h da manhã, no Sindicato Nacional dos Moedeiros, que fica no endereço Av. Padre Guilherme Decaminada, nº 1825. Para mais informações, acessem as redes sociais do 2º Encontro de Africanidades de Santa Cruz.

Apenas algumas estações de trem depois, fica o bairro de Campo Grande, o mais populoso de toda a cidade. No sábado (dia 17 de novembro) acontece a edição comemorativa de 2 anos do Baile do Furduncin, com a participação especial da MC Pocahontas. “… a ideia de investir financeiramente num negócio voltado ao público funkeiro LGBT foi colocar a nossa comunidade num espaço confortável, livre de opressão e olhares de julgamento aos nossos” afirmou Gabriel Rodrigues.

Ao lado de Gabriel, estão Sâmela Frazão e Rodrigo Rodrigues, organizando o baile funk que já teve como convidados a DJ Yasmin Turbininha, o Bonde das Maravilhas e a equipe da Furacão 2000 em edições passadas. Com previsão de início para às 23:00h, o evento é open bar e os preços dos ingressos variam, mas, o mais caro sai por R$ 50,00. O baile será realizado no Haras da Prata, no endereço Estr. do Viegas, nº 5. Para mais informações, acessem as redes sociais do Baile do Furduncin.

Para finalizar, falando sobre deslocamento físico, chegamos em Madureira, a terra do samba. Vai ser lá que, também no dia 17 de novembro, acontecerá mais uma Feijoada Imperial, que terá como convidada especial a escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel. É isso mesmo! Quem estiver presente vai poder testemunhar um verdadeiro show das baterias da Império Serrano e da Mocidade no mesmo dia. “É o maior evento social de Madureira, recebemos gente de todos os lugares do Brasil e do mundo. Além de poderem saborear uma das melhores feijoadas do carnaval, com muito samba e cerveja gelada” contou Alexander Soares, diretor de comunicação e marketing da Império.

Foto: Thiago Cardoso

Foto: Thiago Cardoso

Além de receber a bateria da Mocidade, a verde e branco também conta com a apresentação do grupo Batuque Na Cozinha e uma grande roda de samba, com o grupo Ritmistas. O evento acontece a partir das 14h da tarde, na quadra da Império Serrano (Av. Min. Edgard Romero, 114), e os ingressos mais baratos estão custando R$ 20,00.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top