Morador da Vila Cruzeiro morre após omissão de socorro do Hospital Getúlio Vargas

Um morador da Vila Cruzeiro identificado como Manuel Pereira da Silva passou mal dentro do ônibus e acabou falecendo na manhã desta segunda-feira (14), na Penha. Testemunhas afirmam que passageiros que estavam no coletivo foram até o Hospital Estadual Getúlio Vargas para pedir ajuda, mas nenhum médico ou enfermeiro prestou socorro, resultando no óbito.

Ao G1, a direção do hospital informou que o paciente já havia morrido quando deu entrada na Emergência e que abrirá uma sindicância para apurar o que houve no início do atendimento. A direção afirmou, ainda, que não será conivente com nenhum tipo de negligência.

De acordo com familiares, Manuel teve um infarto. Ele tinha 57 anos, era casado e deixa 5 filhos.

Comentários Facebook

comentários

Related posts

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top