Claudiney Araujo, o goleiro profissional do Nordeste de Amaralina

Quantas vezes, ao bater uma bolinha na escola ou na rua com os amigos, a mente não voou até um grande estádio lotado com milhares de pessoas gritando seu nome, depois de um gol cinematográfico? E ao colecionar as figurinhas do álbum da Copa do Mundo, quem não se viu retratado em uma delas? Muitas vezes, o sonho de alguns meninos torna-se a meta de suas vidas, assim como para suas famílias.

No Nordeste de Amaralina é comum ver garotos com esses sonhos, mas, infelizmente, não é tão fácil como imaginamos… Muitas vezes, talento com a bola não é tudo, tem que contar com a sorte de encontrar um olheiro para que possa apostar em sua carreira. Há algumas décadas, se um menino dissesse que queria ser jogador de futebol, os pais o repreenderiam, pois não viam uma carreira distinta como a de um médico ou um advogado. 

Atualmente, com o destaque do futebol, os jogadores de grandes times chegam a ganhar fortunas em pouco tempo. Muitas vezes, antes de chegarem aos 20 e poucos anos, o sonho de ascensão de status social do menino não passa, necessariamente, pela sala de aula. Quem não quer ser um novo Neymar ou um novo Cristiano Ronaldo?

Em nossa comunidade existem diversos talentos que ainda não foram revelados, e outros que já estão trilhando ao caminho do sucesso na carreira profissional, o jovem Claudiney Araújo é um exemplo disso… Com 18 anos, o morador da comunidade Nova República no complexo do Nordeste de Amaralina já teve sua passagem pelas as equipes do E.C Bahia, Leônico onde disputou o baiano Sub17 e no Ypiranga onde se profissionalizou, disputando o Campeonato Baiano Sub 20 e a 2ª Divisão do Baianão.

Hoje o Jovem atleta encontra-se no time do Ricanato F.C no estado do Tocantins, onde é goleiro do time Sub19 e segundo goleiro do time profissional. Para o pai do garoto, Pastor Claudimar Santos, é um prazer ver o filho sendo um profissional. “Tenho um orgulho em dizer que meu filho, hoje, é um grande jogador. Sempre estive presente em todas as etapas até chegar ao futebol profissional, tivemos a sorte se ser surpreendido por um olheiro que acompanhou um treino onde ele jogava no campo do Areal, quando surgiu a primeira oportunidade para fazer o teste em um grande time e ele foi embora com o talento que já nasceu com ele”. 

Orgulhoso, Claudimar ainda deixou uma mensagem para os outros jovens da nossa comunidade. “Acredite nos seus sonhos! Nunca desista, por mais difícil que seja a caminhada, mas um dia a vitória chega isso pode ter certeza”.

Um belo exemplo a ser seguidos por nossos jovens do Nordeste de Amaralina: acreditar sempre sem medo e enfrentar todos os obstáculos.


jeffersonborgesMe Chamo Jefferson Borges, 21 anos, Moro na comunidade do Nordeste de Amaralina, tenho Bacharel em comunicação social com habilidade em Publicidade e Propaganda, diretor geral do Projeto NORDESTeuSOU e Colunista do Voz da Comunidade.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top