Como Falar dos Anjos? (dedicado a todas as crianças)

Leucemia infantil cada vez mais perto da cura. Foto: Reprodução/Internet

Ouvi dizer que doutores, filósofos, intelectuais, monges e muitas outras categorias de homens e mulheres que se dizem contidos no universo do conhecimento se acham bons ¨ensinadores¨… Podem até ser em suas devidas áreas de atuação, mas existe um mestre sem par no que diz respeito a uma área específica do saber muito mais complexa que a física, a química, a astronomia, a matemática e qualquer ciência outra que o ser humano possa inventar… Refiro-me às crianças, as verdadeiras mestras do amor e da paciência, pois ninguém mais no mundo pode nos ensinar tão bem quanto elas o significado destas duas palavras…

Ouvi dizer que reis, magnatas, presidentes, ditadores e muitas outras categorias de homens e mulheres que se dizem contidos no universo do poder se sentem grandes ¨autoridades¨… Podem até ser, em seus respectivos países, continentes ou até mesmo no mundo, mas existe uma autoridade sem par no que diz respeito à humanidade por inteiro, refiro-me às crianças, as maiores autoridades da Terra, e eu duvido que os donos do mundo não servem à suas crianças, que não se sacrificariam por elas…

Ouvi dizer que anjos, arcanjos, querubins, serafins e muitas outras categorias de seres celestiais que se dizem contidos no universo do divino se acham ¨puros¨… Podem até ser, mas alguns já traíram a Deus, então duvido que sejam mais puros que as crianças, pois nunca vi uma que traísse a seus pais, mesmo que estes faltassem com amor, mesmo que todos os dias faltassem com amor a elas…

Ouvi dizer que juízes, ministros, procuradores, promotores, advogados e muitos outros que se dizem contidos no universo da justiça se acham ¨justos¨… Podem até ser, mas aposto que não conseguem julgar ou perdoar ausentes de malícia ou ressentimento como as crianças conseguem… Ouvi dizer que santos, profetas, gurus, xamãs e muitos outros que se sentem contidos no universo da espiritualidade se acham ¨evoluídos¨… Mas, aposto que vivem suas vidas inteiras buscando a luz que possuíam quando crianças…

Ouvi dizer que Deus foi criança um dia… ouvi dizer que todos nós fomos crianças um dia, no entanto, parece que esquecemos com o passar dos anos a sabedoria que tínhamos com tão poucos anos de vida. Nunca mais vejam os sorrisos da inocência estampado no rosto das crianças como meros sorrisos subestimáveis… Vejam nelas o sorriso dos maiores e mais pacientes tutores do mundo, e deem valor, pois toda essa autoridade, pureza, sabedoria e luz dura pouco tempo… Vejam nas crianças o que um discípulo via em Confúcio.

AUTOR

Joao_novaimagem-colunista-2

Esta coluna é de responsabilidade de seus atores e nenhuma opinião se refere à deste jornal.

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top