Debate sobre cultura de direitos humanos vs discursos de ódio acontece no Educap

O Educap – Espaço de União, Convivência, Aprendizagem e Prevenção receberá, em seu espaço, um debate público que terá como tema a cultura dos direitos humanos vs discursos de ódio. O debate acontecerá no dia 26 de abril, às 18h e será gratuito.

O evento é organizado pelo Usina de Valores, projeto liderado pelo Instituto Vladimir Herzog em conjunto com movimentos sociais, grupos e organizações do Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. O debate visa falar sobre o crescente discurso de ódio no Brasil e a importância do diálogo entre grupos diversos.

O projeto Usina de valores, que tem como missão promover práticas e vivências que influenciam a promoção de uma cultura de direitos humanos, já realizou uma atividade em São Paulo e agora será a vez do Rio de Janeiro, onde ações acontecerão no Complexo do Alemão.

Os convidados para o diálogo são Raull Santiago, dos coletivos Movimentos e Papo Reto, Thamyra Thâmara, do coletivo Gato Mídia e Casa Brota, Alan Brum, do Instituto Raízes em movimento e Sabrina Martina, poeta e integrante do Slam Laje. O bate-papo será mediado pela jornalista Lana de Souza, integrante do coletivo Papo Reto, articulador do projeto no Rio.

Lana de Souza destaca a importância do evento e fala da necessidade de aprender a lidar com a diferença de pensamentos na sociedade em que estamos vivendo.

“Eu acho que é mais interessante conseguir aprender a dialogar com o diferente, não em uma postura de querer transformar o outro, não em uma postura de querer fazer com que o outro mude a sua opinião e concorde com a gente”- destaca.

A jornalista também diz que há um medo generalizado de não ser compreendido quando as pessoas expõem as suas convicções e relata que uma das missões do Usina de Valores é a escuta ativa. Segundo Lana, a escuta ativa é um desejo que vai além de ouvir o que o outro está dizendo.

“Cada vez mais a gente tem vivido tempos sombrios, de medo desse discurso em que só uma pessoa é certa. Se ninguém concorda com aquilo, o resto do mundo é errado”. – diz a jornalista.

Uma das apoiadoras do projeto é a Lucia Cabral, presidente da Ong Educap, onde o debate será realizado. Lucia revela que a Educap tem como principal missão a luta por acesso ao direito através de várias ações.

“Acho que todos nós de movimentos, associações, ONGS e coletivos temos a ver com esse debate. Eu estou como um parceiro que apoia o debate frente aos direitos humanos”- finaliza Lucia.


Debate Público: Cultura de Direitos Humanos X Discursos de Ódio
Data: 26 de abril 
Horário: às 18h
Local: Educap – Rua Canitar, s/n – Ao lado do Campo do Sargento

 

Texto: Jacqueline Lima

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top