Luis Martins convida: Sheila Giannini para falar sobre Intolerância Religiosa

Sheila Giannini

Sheila Giannini

Luis Martins convida: Sheila Giannini

Hoje convido uma amiga de faculdade para falar sobre: Intolerância Religiosa.

Intolerância Religiosa, é algo que podemos dizer que domina grande parte da sociedade, independentemente da religião, há um pré-conceito estabelecido contra as demais. As pessoas dizem que sua fé é maior que a de quem não à seguem e se frequentam outras fontes de fé terá como destino o “inferno”.

Sou de uma religião, da qual, busca sempre a evolução espiritual, amar, compreender e aceitar o próximo, porém, é visada como uma seita demoníaca, onde só há maldade e rancor. Baseada nesse estereótipo que sempre tem sobre mim, tento não julgar a fé de ninguém.

Mas, frequentemente vemos pessoas misturando fé, com opção sexual, escolha de vestimenta, etc, com tudo, crítico a moral destas pessoas, não sua religião e fonte de fé, questiono a moral, porque o indivíduo esconde seus medos e anseios atrás de “Deus”.

moralcristamoralbudistamoralPassamos por uma época onde o catolicismo imperava, e mandava em toda e qualquer pessoa/parte, não precisa conhecer muito de história pra saber que essa ação não foi fácil nem tão pouco boa pra qualquer pessoa que não fosse a igreja, o clero em si, então não precisa muito pra se saber que necessitamos ter mais respeito e compreensão pela liberdade do próximo, não se pode deixar nenhuma religião, seja ela qual for, dominar o nosso país novamente e pra que isso não ocorra basta respeitar a fé alheia, deixar que sigam o que acreditarem ser o melhor pra cada um, desde que não afete ou prejudique o próximo.

Sou espírita, respeito grandemente o catolicismo, aceito os evangelistas e qualquer outra fonte de fé, pois apesar de ser um livro escrito pelo homem, a bíblia diz: “AMAI O PRÓXIMO COMO A TI MESMO”.

Esta é uma coluna de Luís Martins:


image1Me chamo Luís Martins, tenho 23 anos, sou estudante de Psicologia da Universidade Padre Anchieta, em Jundiaí – SP. Moro no Jardim Fepasa, uma periferia de Jundiai.

https://twitter.com/EuLuisMartins

 

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top