Moradores do Alemão protestam contra a onda de violência

O protesto reuniu moradores, presidentes de associações, moto-taxistas e motoristas de transporte alternativo que trabalham no Alemão

RIO – Foi realizado na manhã deste sábado (11) um manifesto dos moradores do Alemão contra a onda de violência na comunidade, reunindo lideranças cheap jerseys e motoristas de transportes alternativos. Os tiroteios, frequentes na região, deixou moradores sem energia e alunos sem aulas. Cerca de dois mil alunos ficaram sem aulas por conta dos wholesale football jerseys china disparos nos últimos dias. O manifesto também repudiou a entrada de policiais militares da base da UPP Nova brasília em algumas Cheap Jerseys residências da localidade “Praça do Samba”, que fica no alto da Comunidade da Alvorada. O grupo de moradores percorreu a Estrada do Itararé em direção a Coordenadoria de Policia Pacificadora (CPP) e # terminaram a manifestação na entrada da comunidade Nova Brasília.

<img class="size-full wp-image-25591" src="http://vozdacomunidade.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2017/03/Manifestacao-no-Complexo-do-Alemao-pedindo-paz-7.jpg" alt="Moradores percorrem a Estrada do Itararé, principal via de acesso ao Alemão, sentido a Central das oakley sunglasses outlet UPPs | Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades” width=”4789″ height=”3193″ srcset=”http://www.vozdascomunidades.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Manifestacao-no-Complexo-do-Alemao-pedindo-paz-7.jpg 4789w, http://www.vozdascomunidades.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Manifestacao-no-Complexo-do-Alemao-pedindo-paz-7-768×512.jpg 768w” sizes=”(max-width: 4789px) 100vw, 4789px” />

Moradores percorrem a Estrada do Itararé, principal via de acesso ao Alemão, sentido a Central das UPPs | Foto: Renato Moura / Voz das Comunidades

Comentários Facebook

comentários

Top