Por um Brasil mais sustentável, eu voto SIM!

O aquecimento global já é uma realidade e, se nada for feito, teremos consequências trágicas para as futuras gerações. Nas últimas décadas o conceito de sustentabilidade ganhou força, no entanto, ainda deixado de lado. Por ser pouco priorizado, e com o constante aumento de emissão de gases estufa, a tendência é sofrermos um crescimento cada vez mais prejudicial ao nosso planeta.

É momento para pressionar governos e empresas a diminuir suas poluições o mais rápido possível, então investir em fontes renováveis e que não tenham um impacto negativo para nosso ecossistema. Junto com isso, é preciso diminuir o desmatamento radicalmente, pois a derrubada e a queimada das florestas tropicais brasileiras jogam 1,26 bilhões de toneladas de carbono por ano na atmosfera.

Vivemos em um país que possui um grande potencial para as energias renováveis, mas isso não faz sentido quando observamos que há um grande investimento em usinas nucleares e termelétricas. Em Angra dos Reis, por exemplo, o governo já construiu grandes usinas nucleares que levam consigo um grande risco radioativo para a natureza.

O sol, o vento, a biomassa e os oceanos são as fontes de energia mais prósperas, todavia não temos conhecimento do poder que eles representam. É dever dos nossos gestores públicos mover todos os seus esforços para manter as florestas em pé e preservar os oceanos, já que ambos estão sob forte ameaça.

Já o sol é tão pouco aproveitado que bastaria captar uma hora da luz solar para suprir as necessidades por um ano inteiro. No Brasil, um país tropical, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território.

A energia eólica, já consolidada em todo o mundo, mostra a sua força gerando eletricidade para milhões de pessoas, empregos para milhares de seres humanos e bilhões de dólares de lucro. Todo o vento existente nos seis continentes é suficiente para abastecer o consumo mundial, uma fonte barata que não emite nenhum gás poluente e nem gera resíduo.

Portanto, vamos abrir os olhos para os enormes benefícios econômicos, sociais e ambientais oferecidos pelas renováveis. O momento de ação é agora. As futuras gerações da Terra agradecerão.

AUTOR:

Cryslan_de_moraes_colunistafixooficial

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top