Voz das Mulheres

Foto de acervo pessoal

#VozDasMulheres | Primavera Púrpura: não aceitaremos nenhum direito a menos!

#VozDasMulheres | Primavera Púrpura: não aceitaremos nenhum direito a menos!

No último sábado (29), aconteceu em diversas cidades do Brasil e do mundo um ato de protesto e repúdio à candidatura do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Milhares de mulheres e apoiadores foram às ruas sob o bordão #ELENÃO. Os atos ocorreram em todas as 27 unidades da federação, com destaque para o maior dos protestos

A solidão da mulher negra na universidade. A gente incomoda!

A realidade do meio acadêmico infelizmente é para poucos. Não se sentir representada dentro da sala de aula é o retrato do quão difícil é entrar e se manter numa universidade. Ainda mais quando somos negras, periféricas, pobres e cheias de determinação – porque incomodamos, e vão tentar nos desanimar de todas as formas. Seja

Foto: Miguel Bruna/Unsplash

Voz das Mulheres | De ferro e flor somos feitas: Política é assunto de mulher sim!

Por: Mariana Fontoura Lana Nascimento Assim como o futebol, a política foi dita por anos como assunto que não era para mulheres, tanto para discussão quanto para atuação. Em 1932 começava a jornada que dura até os dias atuais em busca de representatividade e igualdade de gêneros no cenário político do país. Ainda que aquele

Agosto Lilás: O mês que reforça a importância de denunciar casos de feminicídio

Por: Jhullyana da Silva Cerca de uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil. De acordo com o Datafolha, no ano passado foram registrados cerca de 4.473 homicídios, um aumento de 6,5 % em relação ao ano anterior. Mais de 500 mulheres são vítimas de agressão física a cada hora no Brasil. Além

Sinfonia da Revolucao

Voz das Mulheres | Sinfonia da Revolução

Por: Mariana Fontoura Lana Nascimento Já são mais de 160 dias sem Marielle Franco, sem respostas, punições ou explicações. Os corações dos mais próximos ainda sangram e junto com as incertezas, o medo. Marielle é mais do que uma estatística como os noticiários sensacionalistas insistem em frisar. Mulher, negra, ativista da causa LGBTQ+, socióloga e

Fica quietinha não, bebê!

Texto escrito por:  Clara Sthel | Revisado por: Gabi Coelho | Arte: Helê Colagens Escrevo este texto pensando na quantidade de homens que conheço com a autoestima elevada. Caras que realizam trabalhos, projetos e  ações medianas, mas quando são criticados não aceitam de forma alguma. O ego do homem não tem limites, nunca duvide disso. Em

Os limites de cada uma. Até onde vai um relacionamento abusivo?

Nosso país ocupa o 5º lugar no ranking de feminicídio, ou seja, o quinto país que mais mata mulheres no mundo, de acordo com a ONU Mulheres. E onde se inicia o ciclo de agressão, se o fim dele já citamos na frase anterior? Existe um padrão de relacionamentos saudáveis? Antes de termos resposta para

Top