A moda que corre as ruas das comunidades do Rio de Janeiro

Projetos como o Favela é Fashion (FéF) vem mudando a vida de muitos jovens da favela e conquistando o mundo. O trabalho da Juliana Herink, produtora de moda e criadora do FéF se tornou inspiração para uma jovem de Passos, município do interior de Minas Gerais. A mineira de 23 anos, Saynara Silva, se formou em designer de moda e ao realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), optou por relatar sobre a moda que corre as ruas das comunidades do Rio de Janeiro.

Saynara Silva, 23 anos e moradora de Passos, município do interior de Minas Gerais. Foto: Arquivo Pessoal

Saynara Silva, 23 anos e moradora de Passos, município do interior de Minas Gerais. Foto: Arquivo Pessoal

“Escolhi esse tema porque admiro toda pessoa que corre atrás dos seus objetivos sem se importar com os obstáculos, pois sabemos bem a injustiça e da desigualdade social existente no nosso país. Assim como vejo em vários outros lugares as pessoas em sua maioria não possuem oportunidades iguais para vencer. Escolhi a comunidade Complexo do Alemão porque se pudesse conhecer com certeza optaria por ela, e me encanta ver pessoas tornando reais  seus próprios sonhos e os sonhos daqueles que os rodeiam”, contou a estudante de designer de moda ao jornal Voz da Comunidade.

No momento em que ela entrou em contato com a Juliana Herink através das redes sociais, teve uma resposta positiva e que a deixou mais empolgada com o tema do TCC. A produtora de moda se dispôs a ajuda-lá e a acompanhar todo o processo do temível Trabalho de Conclusão de Curso.

“Depois de muito pesquisar finalmente encontrei alguém que tinha todas as ferramentas necessárias para me orientar e um coração enorme. Como era de se esperar ela se dispôs a me ajudar, estou falando de Juliana, fundadora do Favela é Fashion, que consiste em transformar sonhos em realidade. E a cada dia que se passava eu me apaixonava mais ainda por cada história e por cada detalhe”, concluiu a jovem mineira admirada com o trabalho do Favela é Fashion.

O trabalho do Favela é Fashion faz a diferença na vida dos moradores do Complexo do Alemão e que sonham em ingressar no mundo da moda. Os jovens da favela estão conquistando espaços importantes no mundo e para que isso continue acontecendo, eles devem continuar sendo incentivados e apoiados pela sociedade.


Sobre o autor:

e3IiEJEPMe chamo Gabrielly Coelho, sou mineira e tenho 17 anos. Estudante apaixonada por jornalismo e colunista do portal Voz das Comunidades.

https://twitter.com/gabicsantos

 

 

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top