Eduardo Cunha é BI na Lava-Jato

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Enquanto o Brasil e o meu Botafogo vão mal no futebol, Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara dos Deputados é réu duas vezes por causa da Operação Lava-Jato.

Ontem por unanimidade, os ministros do STF (que usam tipo uma bata preta e são o maior poder da lei do Brasil) decidiram que há provas suficientes na investigação comprovando que Cunha era o verdadeiro dono de contas na Suíça não declaradas (ele tinha dito que não tinha).

Essas contas teriam escondido R$ 5,28 milhões, recebidos pelo deputado de tretas entre 2010 e 2011.

A primeira vez que Cunha foi réu era março. O tribunal máximo abriu ação penal contra ele sobre o recebimento de propina de um contrato de navios-sonda pela Petrobras.

Isso quer dizer que Cunha está mais perto de perder aquele tal de foro privilegiado (medida que dificulta político a ser preso). A votação que vai decidir se ele perde ou não o mandato e automaticamente esse foro, está prevista para o dia 7 de julho.
Parece que nos próximos capítulos Eduardo Cunha vai entrar em campo vestido de listrado. 171 a gente já sabe que ele é.

Falando em datas…

Segunda etapa de 3 para Dilma ser afastada pra valer deve ser no dia 9 de agosto
Bem no meio da olimpíada

Foi aprovado ontem o novo cronograma para julgamento do afastamento definitivo de Dilma. A segunda etapa, do total de três, deve ser no dia 9 de agosto. Se a votação for diferente da outra, conseguindo 28 “fica querida” Dilma volta, e como já dissemos, propõe novas eleições.

De qualquer maneira, se perder de novo, Renan Calheiros, presidente do Senado, marca em até 10 dias o julgamento final.

Operação Lava-Jato: Etapa “Custo Brasil”

Eu não sei se vocês já perceberam, mas essa Operação Lava-Jato é dividida em etapas, e cada uma tem o nome mais exótico, e até cinematográfico, do que a outra.
Para citar só alguns exemplos, ‘QUE PAÍS É ESSE?’, ‘A ORIGEM’ e ‘ERGA OMNES’.

A de hoje foi mais comum, se chamou “Custo Brasil”. Pela manhã prenderam Paulo Bernardo, que foi um ministro dos governos do PT.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top