Estacionamento irregular preocupa pedestres e motoristas na área da UPA DO ALEMÃO

Moradora do Morro do Adeus, Jéssica Ferreira, 25, não concorda com estacionamento de carros na calçada em frente a UPA do Complexo do Alemão: – Se a calçada foi feita pro pedestre e tá cheio de carro, por onde a gente vai passar? É um absurdo! Eu já passei inúmeras vezes pelo meio da rua, correndo risco de ser atropelada na perigosa Estrada do Itararé – reclama Ferreira.

Em Maio do ano passado, a jornalista Marcella Melo, escreveu uma matéria relatando o problema vivido por moradores da região, mas nada mudou. As calçadas ainda não são dos pedestres, apesar de ter sido título na capa da edição 45 do VOZ. ­


Jessica passa diariamente com seu filho pelo caminho e sempre se arrisca pela rua – Foto: Rene Silva

Pra moradora do Condomínio Palmeiras, Michele Seixas, 30 anos, o problema é um grande perigo pra quem passa pelas ruas: – Devia ter pelo menos um guarda-municipal nessa área, porque a gente fica sem opção e se arrisca muito!

O OUTRO LADO DA HISTÓRIA

Uma paciente da UPA que estacionou o carro no momento da matéria, reclama da falta de espaço pra estacionar, quando vai buscar atendimento na unidade de saúde. Segundo a paciente que não quis se identificar, quando ela tentou estacionar dentro, não foi autorizado. Pediram pra por na calçada.

SEM RESPOSTA

A Subprefeitura da Zona Norte já foi informada sobre o problema, mas não responderam sobre a solução. Eles apenas informaram que existem guardas municipais e até mesmo policiais militares com autonomia pra multar os veículos estacionados irregularmente.

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top