Mais uma criança é atingida por tiro em comunidade do Rio de Janeiro

Segundo moradores a criança foi atingida em frente ao portão de casa após um tiroteio

Imagens que foram compartilhadas no Facebook, mostra o desespero dos moradores no resgate de Vinicius, de 11 anos de idade. Segundo os moradores o menino foi atingido após uma intensa troca de tiros na comunidade do Parque Alegria, Complexo do Caju.

Vinicius, foi socorrido por moradores em seus veículos particulares até o Upa da Maré mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Moradores revoltados com a situação, fizeram um protesto na principal via de entrada da comunidade na Avenida Brasil e chegaram a entrar em confronto com homens da Tropa de Choque da Policia Militar. Segundo os moradores da região, o disparo teria sido feito por um policial militar que disparou com sua arma em direção aos moradores acertado a criança.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) determinou a abertura de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias da morte de uma criança na tarde dessa quarta-feira, 23.09, na comunidade do Caju, na Zona Norte. A Polícia Civil investiga o caso e policiais da UPP Caju que patrulhavam o local onde o menor foi baleado serão afastados do serviço nas ruas.

Sem título

Imagens divulgação da internet

TIROTEIO AINDA PERSISTE 

Pelas as redes sociais, moradores das comunidades que formam o Complexo de Favelas da Maré ainda relatam as intensas trocas de tiros na região recém ocupada pela a Policia Militar. “Muito Tiro aqui no P.U (Parque União). Como vou voltar pra casa?…” Relata uma moradora em sua rede social. Na região, a Página no Facebook “Maré Vive” alerta sempre os moradores da região sobre as trocas de tiros, sendo constante nos últimos tempos.

 

 

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top