Minotauro comanda aulão social do UFC no Parque Olímpico

No último sábado, 5 de maio, ocorreu na Arena Carioca 2, um aulão social para cerca de 400 crianças e jovens beneficiados pelo projeto social do UFC 224. Comandado por Rodrigo Miniaturo, o evento trouxe grandes nomes do esporte como Pedro Rizzo, Alan Nuguette, Kyra Gracie, Carlão Barreto, dentre outros. A ação foi acompanhada da estreia do documentário sobre a trajetória de Minotauro e seguida por um bate- papo com atletas e figuras reconhecidas do esporte. A mesa redonda também contou com a presença da jornalista Glória Maria.

Minotauro abriu o evento com o aulão, onde deu dicas e passou pelos alunos ensinando, junto com os instrutores, técnicas de golpes. O embaixador da UFC, que já realiza treinos sociais por todo o Brasil, a todo tempo mostrava a sua paixão e a real mensagem do esporte. Alunos, aos sons de “UFC”, uma espécie de grito de guerra puxada pelo lutador Alan Nuguette, se contagiaram com o espírito de determinação passado por Minotauro e seus companheiros.

“O conhecimento das artes maciais é muito importante para todos nós, que queremos seguir na vida como profissionais bons, como lutadores bons. E aprender sempre com os melhores como Pedro Rizzo, Minotauro e as mulheres do UFC. Foi muito importante estar aqui nesse momento histórico.” – diz Livia Cabral, aluna do projeto Usina de Valores comandado por Pedro Rizzo.

Atletas e ex-atletas também foram homenageados e puderam passar suas mensagens para os alunos. O lutador Luis Henrique KLB destacou a importância do sonho e do objetivo que vai além do esporte. Segundo o atleta, a disciplina adquirida nos treinos é notada em qualquer profissão. Jéssica Andrade, outro nome conhecido do UFC, também deixou um recado especial para as mulheres.

“A gente pode fazer o que a gente quiser. Nunca deixe alguém falar, que você não pode ser lutadora, você não pode ser pedreira ou médica. Vocês podem! Vocês podem ser o que vocês quiserem. Não só as mulheres, mas como os homens também.” – Afirma a lutadora.

Durante o evento, o documentário sobre Minotauro foi exibido em primeira mão para os participantes do evento. Após o filme, uma mesa redonda falando da importância social do esporte e a trajetória do MMA no Brasil foi destaque.

“O UFC com essa campanha abraça todos os movimentos sociais aqui. Eu só tenho a agradecer ao esporte e ao Minitauro por ele ser essa pessoa que ele é. Eu só estou dando ao esporte o que ele me deu. Alegria, condição, me fez ser visto. Eu não tenho palavras para mensurar o que estou sentindo nessa mesa redonda” – Completa o lutador Alan Nuguette.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top