O plano para a felicidade

Após acordar dia atrás de dia com o despertador ao lado da cama, com aquele som insuportável, pois somente assim consegue acordar do sono profundo e cansado do dia anterior, você já sabe bem o que fazer: banho, roupa e talvez o café da manhã. Anda apressado em direção ao ônibus pois já está acostumado a correr no dia-a-dia, se pega correndo no fim de semana para ir ao mercado ou a igreja e nem se dá conta da correria.

Entrando no ônibus você não consegue passar a roleta, afinal, todos precisam trabalhar e também não podem perder esse ônibus. Todo mundo já se conhece, compartilham da mesma rotina e alguns já vão contando o que fizeram no fim de semana, inclusive as brigas familiares. Depois de 40 minutos em pé o joelho começa a doer, você torce para o ônibus não parar naquele engarrafamento, mas ele sempre para naquela mesma rua.

sempre-atrasado

Você finalmente chega no trabalho, é um ótimo trabalho com muita segurança, carteira assinada e todos os seus direitos garantidos. Você já sabe exatamente o que fazer, todo dia é sempre a mesma rotina, quase sempre as mesmas piadas e as mesmas pessoas chatas. No meio do seu dia o celular toca mil vezes, um mesmo familiar te liga querendo te pedir algo, pode ser um filho, uma mãe, um pai ou um irmão. Você está ocupado demais para conversar direito.

Depois do café da tarde está na hora de voltar para casa e encarar aquela viagem, mesmas pessoas contando sobre o dia e o joelho doendo. O ônibus passa em frente a praia, você observa aquelas pessoas que batem o pé para tirar a areia, outras sentadas no quiosque tomando água de coco, batendo um papo, olhando o céu. Olhando o céu… quanto tempo você não olha para ele? Calma porque você sabe que o seu dia vai chegar, seus planos estão fluindo: trabalho, carteira assinada, a felicidade no fim vai valer! Faltam só 20 anos para a aposentadoria chegar, não desista.

Essa rotina pode ser a minha, a sua e de milhares de pessoas. Cada um tem uma forma de viver a vida, mas nos tempos de hoje, muitos possuem a mesma forma de encarar a felicidade. Quantas vezes postergamos um momento de prazer em troca de mais um dia de trabalho, quantas vezes pensamos que seria só mais esse trabalho e que depois tudo iria melhorar. Não precisa necessariamente ser um trabalho, pode ser aquele sábado de curso que será ótimo para o currículo e você perdeu a viagem em família, aquele seminário no meio de tantos outros que te afastou dos amigos, quantos compromissos serão necessários para tudo melhorar? Enquanto isso a vida vai passando, já refletiu em como você está vivendo a sua vida?

A felicidade está no aqui e no agora, não deixe que ela passe sem que você perceba. Veja seu filho que aprendeu uma letra nova na escola, seu irmão que conquistou mais uma etapa na vida, a mãe da senhora do ônibus que superou o câncer, o primo do trocador que vai cursar direito na faculdade, o jantar gostoso que alguém preparou com carinho para você.

AUTOR:

monique_atualizacao_novaimagem-colunista

Esta coluna é de responsabilidade de seus atores e nenhuma opinião se refere à deste jornal.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top