Onda de brechós! #ColunaModaFavelada

Texto escrito por:  Juliana Henrik | Revisado por: Gabi Coelho | Foto: Reprodução/Internet

Você teria coragem de utilizar sapatos e roupas de outras pessoas? Se essa pergunta fosse feita há anos atrás muitos diriam não, sem pensar duas vezes! Porém, após a crise financeira e a onda de sustentabilidade muitas pessoas mudaram de opinião e estão aderindo aos brechós.

Os brechós, espalhados por todo o país tem uma característica interessante: Compra-se muito, pagando pouco. Você consegue comprar um look completo por apenas 20 reais. O que deve ser considerado na escolha das peças? Primeiramente, observe as costuras, analise cuidadosamente se as peças estão descosturadas ou com as costuras frouxas. Na falta de botões ou fechos veja se tem botões sobressalentes – que serve de reserva para caso o outro estrague. Se não tiver, tire todos e opte por um novo, assim você dará uma modernizada na roupa. Tem jeito pra tudo quando o assunto é brechó.

Outra sugestão importante é provar sempre, nunca compre nada sem provar, pois não poderá trocar pelo fato de ser peça única. Essa é uma forte característica das roupas de brechó. Porém, você também tem a opção de repassar a peça ou dá uma repaginada, podendo criar novas tendências de forma econômica.

Se existe dúvidas sobre como é um brechó e as roupas que vendem nele, logo na primeira visita ao estabelecimento esses questionamentos sumirão. Verá novidades de roupas boas e agradáveis, terá a oportunidade de criar novos looks utilizando o método de customização, sem falar no famoso preço ‘bom, bonito e barato’.

Moda boa é moda sustentável. Além de ajudar o meio ambiente, os comerciantes locais que abrem brechós também serão beneficiados. Um aviso: ao entrar no brechó a magia do ambiente vai te contagiar. Sua vontade de comprar será imediata. Com certeza, seus conceitos mudarão, as ideias ampliarão, e você terá uma nova visão sobre como os brechós nos dá uma oportunidade de nos reinventar, criar, descobrir novas cores, texturas e estampas – seja ele físico ou online. Venha para o mundo das ‘brechozeiras’

Brechós que você precisa conhecer:

As Brecholeiras: Aberto de 09 às 15h, na Cufa em Madureira. Ao lado da estação de trem e BRT, do viaduto Negrão de Lima.
Brechó Flor de Lis, rua Joaquim de Queiroz (Grota – Complexo do Alemão), em frente o banco Santander.
Igreja São Tomé – Bazar Palmira Soares – Av. Nova York, 348 – Bonsucesso
Brechó do Casarão
Surreal Garimpos

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top