O Secretário Chefe da Casa Civil, Paulo Messina, confirmou na última sexta-feira (25), os cortes de aproximadamente 200 equipes de médicos da família no munício do Rio. A estimativa é que cerca de 1400 pessoas sejam demitidas ou reaproveitadas em outras unidades de saúde. Paulo Messina afirma que as regiões mais pobres do município não sofrerão com os cortes nas clínicas.

Comentários Facebook

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Please arrange the below number in decreasing order