Tecnologia livre em pauta na faroca digital da praça

Reunindo palestrantes de diversas áreas do mundo da informática, a Praça do Conhecimento terá, na próxima sexta-feira e sábado (13 e 14 de dezembro), dois dias de palestras e oficinas, tratando sobre diferentes temáticas no campo das mais inovadoras e, até mesmo, ousadas possibilidades que a tecnologia oferece hoje em dia. Esta é uma ação proposta pelo grupo que participa da oficina “Farofa Digital”.

Percebendo a expansão de assuntos ligados à área tecnológica que podem ser abordados na Praça do Conhecimento de Nova Brasília, em se tratando de um espaço de cultura digital, o instrutor de Tecnologia da Informação (TI), Felipe Mello, viu a oportunidade de criar um espaço onde possa alavancar diferentes temáticas relacionadas a programação de jogos, de sites, modelagem 3D, entre outros.

Foi aí que surgiu a ideia de promover o Ciclo de Palestras e Oficinas Farofa Digital, uma iniciativa para estimular a abertura de novos caminhos no quesito da inovação e plenitude na produção de tecnologias mais independentes. O propósito é trazer os participantes para uma reflexão sobre as verdadeiras chances de trabalhar com ferramentas básicas de criação. Acesse a programação no blog da farofa Digital e inscreva-se:

http://tipcnb.blogspot.com.br/

A FAROFA

Com a proposta de orientar, tirar dúvidas, surge a oficina Farofa Digital, que acontece todas às segundas-feiras a partir das 18h30, sem um tópico específico, atendendo variados tipos de solicitações que iam surgindo ao longo das aulas. “Venho do curso de Ciência da Computação que é voltada para diverso campus, onde conheci amplamente a área da computação gráfica”, podendo assim direcioná-los.

Buscando trazer assuntos atuais relacionados às novas tecnologias a oficina abre espaço para além da utilização, mas a disseminação das tecnologias livres, ampliando a propagação do conhecimento, já que ainda hoje exista uma grande resistência por boa parte da população quanto ao seu uso. “Diria que é tudo uma questão de adequação. Quanto mais usuários estiverem usando determinado software melhor será o seu desenvolvimento”.

Comentários Facebook

comentários

Autor

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top