Inscrições para bolsas de estudos no pH e São Bento são prorrogadas até dia 26 de junho

Fotos: Tiago Queiroz/ISMART

São oferecidas até 250 bolsas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São José dos Campos (SP), Cotia (SP) e Sorocaba (SP), para o ano letivo de 2019. Há, ainda, 350 novas vagas para o projeto Ismart Online.

O Ismart (Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos), é um projeto que oferece bolsas de estudos integrais em escolas particulares de excelência para alunos do 7° e do 9° ano da rede pública. Além de ajudar na formação dos alunos, as bolsas estimulam os jovens a buscar novas oportunidades, expandindo seus horizontes e suas possibilidades de carreira.

Somente em 2018, 148 bolsistas ingressaram em universidades de ponta nos Estados Unidos, em Portugal e no Brasil. “O Ismart literalmente abriu as portas do mundo pra mim. Quando eu ingressei no programa, nunca imaginei que pudesse estudar no exterior”, conta Jessica de Oliveira Moreira, recém-aprovada para cursar Economia e Educação no Barnard College, instituição exclusiva para mulheres, ligada à Universidade Columbia, em Nova York (EUA).

Além de estudar em colégios particulares com resultados de destaque no Enem e nos vestibulares mais importantes do país, os bolsistas do Ismart participam de programas de desenvolvimento e de orientação profissional e são acompanhados de perto por uma equipe de psicólogos e pedagogos. Eles recebem material didático e uniforme para frequentar as escolas parceiras, e ajuda de custo para transporte e alimentação.

Para concorrer às bolsas, o candidato deve estar matriculado no 7º ou no 9º ano do ensino fundamental e vir de família com renda per capita de até dois salários mínimos. Ou seja, a divisão da renda de todas as pessoas da casa pelo número de moradores não pode ultrapassar R$ 1.908,00 por pessoa.

O candidato do 7º ano do ensino fundamental concorre ao Projeto Alicerce. Se aprovado, o bolsista participa de um curso preparatório para o ensino médio, durante o 8º e o 9º ano, em uma escola parceira do Ismart. As aulas do curso acontecem de segunda a sexta-feira, no contra turno do horário regular de aulas do estudante na rede pública. Após esta etapa, o aluno poderá continuar recebendo o suporte do instituto durante o ensino médio.

Já os alunos do 9º ano aprovados no processo seletivo terão o apoio do Ismart para cursar o ensino médio em uma das escolas particulares parceiras do Projeto Bolsa Talento.

Neste processo seletivo também serão escolhidos novos alunos para o Ismart Online. Os estudantes aprovados para esse projeto têm acesso a uma plataforma de estudos exclusiva e participam de atividades presenciais e a distância para o seu desenvolvimento pessoal. Os candidatos inscritos para o Alicerce ou o Bolsa Talento concorrem automaticamente ao Ismart Online, projeto para o qual há 350 novas vagas em 2019.

O processo seletivo tem cinco etapas: prova online, prova presencial, entrevista individual, visita domiciliar e dinâmica de grupo. A inscrição deve ser feita pelo próprio candidato. Os educadores da rede pública que desejarem acompanhar os alunos no processo seletivo podem entrar no sistema de inscrição, gerar um código de acesso e fornecê-lo aos jovens com o perfil esperado pelo projeto.

No final do ensino médio, os alunos do Ismart aprovados para cursos e faculdades de excelência podem continuar recebendo apoio durante o ensino superior.

Para se inscrever basta estar dentro dos requisitos solicitados, acessar o site www.ismart.org.br até o dia 26 de junho de 2018 e seguir as orientações.

Comentários Facebook

comentários

*

* Please arrange the below number in decreasing order

Top