Sou uma paraense, especialista em Serviço Social e facilitadora do desenvolvimento humano. Tenho expertise em gestão de empreendedorismo comunitário e já fui voluntária na coordenação de ações sociais do Voz das Comunidades durante 7 anos. Atualmente moro no sul da França e escrevo crônicas sob o ponto de vista do afeto.

Eles sabiam o que acontecia na vida dos vizinhos, mas não viram o câncer crescendo na própria casa

Quando penso no câncer de mama, a primeira coisa que me vem à cabeça é a história de uma jovem carioca, que conheci através do círculo de afeto – projeto

Leia mais