Agosto tenso começa com cinco baleados em menos de duas semanas no Alemão

Foto: Renato Moura - Jornal Voz da comunidade

Entre os baleados, um delegado de policia civil, atingido durante uma mega operação no Alemão

Caso de Policia – Os moradores do Complexo do Alemão já começaram a sentir o clima de tensão, que se iniciou logo nas primeiras semanas deste mês de agosto. A troca de tiros que fica cada vez mais constante na região, acabou virando parte da rotina dos mais de 200 mil moradores do conjunto de favelas do Alemão.

Uma operação realizada pelo delegado de Policia Civil, Felipe Curi, com apoio dos agentes das Unidades de Polícia Pacificadora e de Agentes do BAC (Batalhão de Ações com Cães), resultou em baleados, mortos e presos no Conjunto de Favelas do Alemão, na manhã de quarta feira (03). Cerca de 150 homens das forças militares foram utilizados para esta operação que tinha como missão, executar 45 mandados de prisão. Na operação, dois suspeitos de envolvimento com o tráfico foram baleados e mortos na comunidade. Cerca de 20 mil alunos das escolas municipais e estaduais da região ficaram sem aulas no dia da operação.

Na manhã desta quarta feira (10) mais uma intensa troca de tiros deu início no Alemão. Desta vez na comunidade da Alvorada, parte alta do conjunto de favelas. Duas pessoas foram baleados nesta intensa troca de tiros que, começou logo pelo amanhecer. Dos baleados está Fátima Lucia, moradora da comunidade Alvorada. Fátima foi atingida e socorrida para o Hospital Getúlio Vargas. O outro baleado, segundo informações, teria sido um policial militar lotado na unidade de policia pacificadora (Upp) Nova Brasília. No total, Agosto se iniciou com 5 pessoas atingidas.

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]