Caso Jeremias: Polícia faz reconstituição no Complexo da Maré

DH entra no 22ª Batalhão de Polícia da Maré para acessar a comunidade
DH entra no 22ª Batalhão de Polícia da Maré para acessar a comunidade

Jeremias Moraes da Silva, de 13 anos, foi morto na tarde desta terça-feira (6), durante uma operação no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio.

A Divisão de Homicídios realiza nesta manhã (7), a reconstituição do adolescente. A mãe do menino Jeremias, Vânia Moraes disse que o seu filho foi baleado quando voltava do futebol, na favela, a quadra fica a cerca de 100 metros de uma das portas de entrada do 22ª Batalhão de Polícia da Maré.

Segundo a polícia a operação começou após denúncia que policiais haviam sido sequestrados e estariam dentro da comunidade.

DH entra no 22ª Batalhão de Polícia da Maré para acessar a comunidade. Imagem de Betinho Casas Novas.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]