Dois homens são mortos a tiros na entrada da Cidade de Deus

Imagens mostram corpo sendo arrastado pela via
WhatsApp Image 2021-05-18 at 21.52.10

Foto: Reprodução

Dois homens foram atingidos por tiros na Cidade de Deus, próximo a Linha Amarela, por volta das 19:30 da noite de hoje (18). De acordo com informações de moradores, Edivaldo Viana e o irmão estavam em uma moto quando foram baleados. Os dois foram levados para o Hospital Federal Cardoso Fontes pela PM.

Em um vídeo compartilhado no Instagram, é possível ver um deles, com a camisa do Flamengo, sendo arrastado na mesma via em que Marcelo Guimarães foi morto na manhã do dia 4 de janeiro, embaixo de um viaduto que fica na entrada da comunidade. Às 21:45 foi registrada a entrada do caveirão na comunidade da Zona Oeste do Rio.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que o Secretário Rogério Figueredo de Lacerda determinou que a Corregedoria da Corporação apure a ação ocorrida na Rua Edgard Werneck, em Jacarepaguá.

Os policiais do 18° BPM (Jacarepaguá) que participaram da ocorrência foram ouvidos na Delegacia de Homicídios da Capital e um fuzil da equipe foi recolhido para perícia. Depois de tomar conhecimento das imagens com os PMs arrastando um dos corpos baleados na Cidade de Deus, a Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ se manifestou e disse que representantes do órgão estarão no IML para dar suporte para as famílias.

A vice presidente da comissão, Nadine Borges, disse que é preciso investigar com urgência porque pode ter ocorrido desfazimento de cena do crime.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]