Guerra: 5 pessoas ficaram feridas nesta Sexta Feira, em troca de tiros no Alemão

3cb7b02d-fc20-4857-8a32-0415a718dbeb

Dentre as vitimas, uma criança de sete anos de idade baleada na perna

 

d005c340-a16a-49c0-9f21-16ccb0b8498d
Ambulância levou a criança de 7 anos para o hospital no centro do Rio. Foto: Renato Moura

Alemão: Sequências e mais sequências de tiros foram ouvidos em diversos pontos do Complexo do Alemão, durante todo o dia desta Sexta Feira (15). Os confrontos se iniciaram na comunidade da Alvorada, onde dois homens foram atingidos na troca de tiros na localidade conhecida como Rua Sem Saída. Ainda com os tiros constantes, os moradores informavam pelas redes sociais a informação de mais disparos vindo do interior da comunidade, quando nossa equipe acompanhou a entrada de mais um baleado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão. O baleado era uma criança de sete anos de idade. Yuri de Souza Calheiro foi alvejado por dois tiros na perna, enquanto brincava com seu primo na comunidade do “Bulufa”. Yuri foi surpreendido em meio à uma troca de tiros na localidade. “Ele tava brincando no quintal da casa do tio com o primo, a bola em que eles brincavam caiu na rua quando meu filho foi buscar a bola e levou os dois tiros…” contou a mãe da criança para nossa equipe. Yuri ficou uma das balas alojadas próximo ao fêmur, já a outra transpassou a sua perna. Yuri foi atendido na unidade e transferido para o Hospital Souza Aguiar, no centro do Rio e seu estado de saúde é estável.

 

IMG_3874
Dois veículos blindados fora usados nos confrontos no Alemão. Foto: Betinho Casas Novas

Enquanto isso, os disparos ainda continuavam no interior da favela. Homens do Bope reforçaram a comunidade com o apoio de dois carros blindados, enquanto homens das Upps reforçavam a entrada da comunidade. Em uma das incursões no interior da comunidade, o Soldado Canto foi atingido por um tiro na perna esquerda e levado para o Hospital Getúlio Vargas na Penha, enquanto outro baleado entrava novamente na Upa. Conhecido como Carlos, o homem deu entrada na comunidade com um tiro na perna e foi detido pelos agentes na unidade.

Quando a situação parecia se acalmar, um jovem foi carregado para a unidade desacordado para atendimento. Segundo informações o rapaz entrou em parada cardiorrespiratória após se assustar com a intensa troca de tiros na comunidade. Os agentes da Policia Militar levaram o rapaz que socorreu esse jovem, para a delegacia para averiguação, após suspeitarem de um possível envolvimento com o tráfico.

Já no inicio da madrugada outro policial deu entrada na unidade com um tiro de raspão na cabeça. O agente foi atingido durante uma troca de tiros na comunidade da Nova Brasília. Ele foi socorrido para o Upa e seu estado de saúde é estável.

Com isso, foram 5 pessoas feridas durante todo esse confronto no Complexo do Alemão.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]