Morre mais uma moradora baleada durante troca de tiros no Alemão

IMG_7627

A moradora foi atingida por um tiro no Tórax em uma das ruas de acesso ao Alemão

WhatsApp Image 2016-08-18 at 20.01.23
Darlene da Silva Gonçalves, 43 anos, deixou três filhos. Foi atingida por um tiro no peito na comunidade da Grota na tarde de hoje. (Foto: Via Facebook)

MEDO – Uma troca de tiros rápida e intensa, acabou deixando duas moradoras baleadas no Complexo do Alemão. A troca de tiros foi na comunidade da Grota, parte interna do Alemão, deixando duas baleadas. Regina Calheiro de 61 anos foi atingida na Traqueia e foi socorrida as pressas para o Upa do Alemão. Regina foi rapidamente socorrida e transferida em seguida para o Hospital Salgado Filho com estado de saúde grave.  A primeira baleada foi uma senhora de 43 anos. Darlene da Silva Gonçalves Correa foi atingida no tórax e levada também para o Upa do Alemão. Na unidade, os médicos rapidamente fizeram a transferência da senhora para o Salgado Filho. Darlene não resistiu e morreu no Hospital.

Manhã com mais um baleado no Alemão e Penha

Pela manhã, os moradores do Alemão já acordavam ao som dos tiros. Pelas redes sociais os moradores afirmavam ter mais uma pessoa baleada. Um jovem, ainda não identificado, foi socorrido baleado no braço para o Upa do Alemão. Ele teria sido baleado na comunidade do Inferno Verde, parte alta do Alemão. No complexo da Penha, um Soldado da Upp Parque Proletário foi atingido por um tiro no braço durante uma torca de tiros na comunidade. Ele foi socorrido para o Getúlio Vargas e Passa Bem.

IMG_1892
Policial Militar da Upp Parque Proletário em patrulhamento na rua 29 (Foto Betinho Casas Novas)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]