Operação na Cidade de Deus tem tiroteio e escolas fechadas

_MG_5920

A operação deixou cerca de mil alunos sem aulas e fechou parte da principal via de acesso à comunidade

Moradores correm e se abrigam para fugir dos tiros Foto: Betinho Casas Novas / Jornal Voz das Comunidades

Os moradores das comunidades da Cidade de Deus enfrentaram uma tarde tensa, nesta terça feira (08). Após últimos confrontos na região, homens das Upps fizeram uma operação na comunidade. Parte da avenida Miguel Salazar que dá acesso a Linha Amarela, teve a circulação interrompida por conta da operação.

Cerca de cem homens das unidades de policia pacificadora (upp) da Cidade de Deus, fizeram a operação conjunta na comunidade do Karatê. Por conta da operação e do intenso tiroteio, alunos das escolas da região tiveram que voltar para suas casas. Ceca de mil alunos ficaram sem aulas na região.  A operação teve inicio na parte da tarde com apoio de um veiculo blindado.

Um homem, conhecido como Fabricio Galisco, idade não revelada, foi detido pelos agentes suspeito de integrar o tráfico de drogas na comunidade. Familiares do detido acompanharam o mesmo até a delegacia. Com ele nada foi apreendido.

Após a operação, a circulação no interior da comunidade e nas vias principais voltou a ficar normalizada.

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]