Polícia Civil realiza operação na Cidade de Deus; nove escolas tiveram aulas presenciais suspensas

A ação iniciou nesta manhã de quinta-feira (10); uma Clínica da Família não abriu no horário normal para segurança de pacientes e profissionais
Foto: Reprodução / Rede Globo
Foto: Reprodução / Rede Globo

Agentes da Polícia Civil fazem uma operação na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, na manhã desta quinta-feira (10). Havia presença de helicóptero sobrevoando a região, de acordo com a página Cdd Acontece. Um blindado também foi visto dentro do local.

Desde o início da manhã, moradores relatam através das redes sociais a atuação dos agentes na comunidade.

https://twitter.com/Ntnborges/status/1501852095426748419

A Secretaria Municipal de Educação informou, em nota, que nove escolas da prefeitura estão com aulas remotas, devido à operação policial. Em relação as escolas estaduais, a Seeduc-RJ afirmou ao Voz das Comunidades que só há turmas a noite. Além disso, o órgão alega que continua acompanhando a situação para saber se as aulas serão mantidas;

Já a Secretarias Municipal de Saúde disse que a Clínica da Família Lourival Francisco de Oliveira não abriu no horário normal nesta manhã para segurança dos pacientes e profissionais. Uma nova avaliação do território será realizada durante o dia.

Por último, a Clínica da Família José Neves e o Centro Municipal de Saúde Hamilton Land estão funcionando, porém suspenderam as atividades externas, ou seja, as visitas realizadas no território.

Sobre a operação, em nota, a Polícia Civil diz que a ação ocorreu em conjunto com Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) e pela 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) e contou com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]