Alunos da Escola Municipal Afonso Várzea, no Complexo do Alemão, voltam a ter aulas presenciais

Hoje (24), 38 escolas da rede municipal do Rio retornaram às aulas presenciais

Alunos da Escola Municipal Afonso Várzea, no Complexo do Alemão, voltam a ter aulas presenciais

Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Nesta quarta-feira (24), retornaram as aulas presenciais de 38 escolas da rede municipal do Rio de Janeiro. Dentre elas, sete estão localizadas em comunidades. Como, por exemplo, a Escola Municipal Afonso Várzea, no Complexo do Alemão, Zona Norte.

Segundo os profissionais da escola, todas as medidas para a reabertura foram respeitadas. É indicado o uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, readequação do espaço físico, álcool em gel, horários escalonados e duas opções de entrada para os alunos. 

No portão da escola, um cartaz com a frase “os heróis usam máscara” chama atenção. Com isso, de forma descontraída, os educadores alertam a importância do cuidado. A atitude é significativa para os responsáveis, como João Batista, que se diz preocupado com o retorno.

“A gente traz os filhos para a escola, mas vivendo essa epidemia a gente fica assustado. Mas, tem que ter maior cuidado. Por isso, tem que estar com álcool em gel, máscara. Vamos passar essas atividades para professores”, afirma João.

João Batista é pai de João Vinícius, aluno da Escola Municipal Afonso Várzea.
João Batista é pai de João Vinícius, aluno da Escola Municipal Afonso Várzea.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

A expectativa da criançada para a volta às aulas

Os funcionários da Afonso Várzea se anteciparam para organizar um retorno prazeroso as crianças. Os alunos foram recebidos com música e decoração diferenciada. Artur Luís, neto de Marília Ribeiro, por exemplo, foi um dos primeiros a chegar na porta. Segundo a avó, ele estava ansioso e com saudade dos colegas.

“Ele estava querendo muito vir pra escola. Ele me cobrava muito isso: vovó, meus amiguinhos, estou com saudade”. Então eu estou bem, estou feliz”, conta Marília.

Marília Ribeiro diz que as expectativas são boas para o retorno presencial.
Marília Ribeiro diz que as expectativas são boas para o retorno presencial.
Foto: Vilma Ribeiro / Voz das Comunidades

Conforme a Secretaria Municipal de Educação, o retorno das aulas presenciais está acontecendo de maneira gradual, dividido em três fases. Esta primeira etapa se destina aos alunos da pré-escola, do primeiro e segundo ano do ensino fundamental. As outras séries estão previstas para retornar em março e abril. Contudo, a volta às salas de aula é opcional.