Ambulante moradora do Alemão cria vakinha em busca de apoio para montar barraca

Priscila trabalha como camelô e busca apoio para montar uma barraca fixa

Ambulante moradora do Alemão cria vakinha em busca de apoio para montar barraca

A história da ambulante Priscila Gomes, de 18 anos, que teve a mercadoria apreendida pela prefeitura chamou atenção e dezenas de pessoas estão colaborando para que a jovem consiga realizar o sonho de montar uma barraca de doces para manter o sustento da família. O apoio chega através de uma vakinha online, que foi criada foi criada com o objetivo de arrecadas cerca de R$ 33.900 para realizar o sonho de ter um espaço físico para trabalhar. Com o valor, ela também planeja comprar uma casinha na comunidade.

Moradora na Matinha, uma das comunidades do Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro, a carioca trabalha todos os dias vendendo balas e trufas no sinal para ajudar nas contas de casa.

Para contribuir, você pode clicar aqui para fazer a sua doação em boleto, cartão de crédito ou Paypal.