Ato “Parem de nos Matar” reúne comunidades contra mortes no Rio

Moradores de favelas formarão um cordão humano do posto 12 até o Arpoador, a partir das 10h, em protesto às políticas públicas de ocupação nas favelas cariocas

Ato “Parem de nos Matar” reúne comunidades contra mortes no Rio

NOTA

O ato “Parem de nos Matar! “ será realizado no próximo domingo, dia 26, na zona sul do Rio. Moradores de favelas formarão um cordão humano do posto 12 até o Arpoador, a partir das 10h, em protesto às políticas públicas de ocupação e intervenções militares nas favelas cariocas.

O ato recordará mortes como a do Gari comunitário William Mendonca, assassinado no Vidigal por policiais e do músico Evaldo dos Santos e do catador de papel Luciano Macedo mortos por militares do exército em Guadalupe.

Deixe comentário