Camelô é morto à tiros durante ação da UPP da Providência

Rodrigo Cerqueira, de 19 anos, foi morto à tiros na tarde de desta quinta-feira (21), no Morro da Providência, localizado no Centro do Rio, em torno das 16h. De acordo

Camelô é morto à tiros durante ação da UPP da Providência

Rodrigo Cerqueira, de 19 anos, foi morto à tiros na tarde de desta quinta-feira (21), no Morro da Providência, localizado no Centro do Rio, em torno das 16h.

De acordo com moradores, Rodrigo trabalhava em sua barraca de doces, na região conhecida como Boca de Ema, e foi atingido durante uma operação de policiais da UPP da Providência, que também surpreendeu uma equipe do pré-vestibular social Machado de Assis, que entregava cestas básicas durante ação de combate contra o coronavírus na comunidade.

“Ele estava sentado numa roda de amigos e a polícia chegou atirando. Quando o primeiro tiro pegou nele todo mundo correu e só ficou ele baleado. Os policiais deram mais 2 tiro nele, daí todo mundo se desesperou e os policiais foram fazer a remoção do corpo e não deixavam ninguém chegar perto. Ele ainda estava vivo mas quando chegou ao hospital já se encontrava morto, os policiais estavam encapuzados, nem a mãe pode acompanhar ele até o hospital.”, disse uma vizinha do jovem.

Através do Twitter, a PMRJ confirma um óbito na comunidade, mas diz que policiais da unidade foram atacados a tiros por um criminoso, que reagiram e atingiram Rodrigo. Ele foi socorrido, encaminhado ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Deixe comentário