Campanha de Natal para trocar cartas entre crianças da creche no Complexo do Alemão

No Instagram do Doe Metamorphosis, está disponível a lista com o nome das crianças e por ali os interessados escolhem as crianças com quem querem trocar correspondências.

Campanha de Natal para trocar cartas entre crianças da creche no Complexo do Alemão

O Jardim Escola Estrelinha que funciona na área 5, no Complexo do Alemão há 31 anos em parceria com o coletivo Doe Metamorphosis se unem para prover um Natal com doações de presentes e troca de cartas.

A campanha “ Doe amor” foi criada com objetivo de dar e receber presentes, e também para trabalhar a sociabilidade das crianças, já que além das lembrancinhas, irão trocar cartas e desenhos com as pessoas ligadas ao coletivo Doe Metamorphosis, como comenta Rosangela Marinho, idealizadora do Jardim Escola Estrelinha: “ Esta campanha é importante para aquecer o coração destes anjinhos, passando a mensagem que mesmo com tanta dificuldade eles não estão só. E que o amor pode se espalhar por aí”.

A filha da coordenadora pedagógica, a mestranda em Relações étnico-raciais pelo CEFET- RJ, Carolina Marinho entrou em contato com a responsável da iniciativa Doe Metamorphosis para promover interações positivas, por isso tiveram a ideia de pensar em uma ação de troca de cartas, como comenta: “ O ato de doar afeto com as cartas mexe com autoestima da criança, já que elas são agentes nesta ação, não se restringindo apenas receber algo passivamente. Elas se sentem confiante em prover algo”.

Na página do Instagram do Doe Metamorphosis, está disponível a lista com o nome das crianças e por ali os interessados escolhem com quem querem trocar correspondências e simultaneamente recebem a foto da criança. No ato da entrega dos presentes e das cartas em data a definir as crianças entregaram também seus bilhetes e desenhos, como comenta a Tainá, idealizadora do projeto Doe Metamorphosis. “A ideia da Metamorphosis (Metamorfose, em grego) é justamente a que o nome diz: transformação. O verdadeiro amor surge assim. Criar um vínculo com pessoas diferentes de nós transforma nosso interior, nosso coração e a nossa forma de ver o quão amplo é o significado da palavra Felicidade”.

Atualmente, a instituição atende 150 crianças de 0 a 8 anos em situação de vulnerabilidade social. No local, é realizado: o trabalho de letramento, atividades para desenvolver a sociabilidade e a psicomotricidade.  Em tempo de crise, a instituição está atendendo 100 famílias com doações periódica de cesta básica, kit de higiene e de roupas. A distribuição é feita de forma segura nas dependências da Estrelinha com horário marcado, a fim de evitar aglomerações.