“COMPLEXO” – Vencedor do Prêmio Internacional Direitos Humanos do Festival Artivism

No Rio de Janeiro, a 13 km do Cristo Redentor, dois irmãos portugueses aventuraram-se na mais temida favela do Brasil, onde moram mais de 300.000 pessoas. É o maior paiol

No Rio de Janeiro, a 13 km do Cristo Redentor, dois irmãos portugueses aventuraram-se na mais temida favela do Brasil, onde moram mais de 300.000 pessoas. É o maior paiol de armas e droga da cidade, um lugar chamado Complexo do Alemão.

Viveram a vida de um simples morador como tantos outros, escolheram quatro formas de vida diferentes para retratar as várias faces da favela. A Dona Célia, uma mãe batalhadora, com oito filhos para alimentar; Seu Zé, presidente da associação de moradores há mais de trinta anos, viveu o crescimento assustador da favela, é um sábio “ansião” da favela; Mc Playboy é um artista funk, que cedo se deu conta que o seu caminho não era o do Tráfico; e de uma forma mais genérica os “traficantes” gente sem rosto que faz do crime uma vida normal.

COMPLEXO retrata este perigoso e complexo mundo, um universo paralelo inserido dentro de uma ordem maior, um mundo à parte, que segue uma ordem diferente da ordem global.

Vencedor do Prémio Internacional Direitos Humanos do Festival Artivism – Hollywood.

Um poderoso documentário sobre o dia-a-dia no maior aglomerado de favelas do Rio de Janeiro.

Este é o resultado de 3 anos de vida no Complexo do Alemão, a vida de gente normal dentro de uma realidade quase desconhecida.

Este documentário será exibido nas salas de cinema do Fórum Machico no dia 11 de Junho, Sábado, pelas 21h00.

Deixe comentário