Parte de casa no Alemão desaba e família pede ajuda

Desastre aconteceu no dia 09 de setembro e até o momento a família não conseguiu ajuda da Defesa Civil

Parte de casa no Alemão desaba e família pede ajuda

A parede de uma casa na Fazendinha, no Complexo do Alemão desabou no último dia 09 e até o momento a família ainda não obteve nenhum tipo de auxílio da Defesa Civil. Segundo a dona de casa Ana Lúcia, no momento do ocorrido, ela e parte da família estavam na igreja e somente seu pai, de 79 anos estava em casa.

“Estávamos na igreja, e quando minha filha chegou junto do esposo dela, já tinha um pessoal aqui em volta e quando cheguei foi um susto, vi minha parede no chão, fiquei sem rumo, meu pai tem 79 anos e estava em casa no momento, graças a Deus não aconteceu o pior com ele, mas não temos condições de ficar nessa casa e nem temos para onde ir”, contou Ana Lúcia, que está gravida de 7 meses.

Somente seu pai, de 79 anos estava em casa no momento do desabamento. Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

Ela contou ainda que desde o dia do acidente vem tentando contato com a Defesa Civil, através do número 199 e até o momento nada foi feito. “Assim que vi oque aconteceu, logo ligamos, mas quando falo que é no Complexo do Alemão, eles dizem que não podem vir por ser área de risco. Estou desesperada, tô gravida, meu pai já é idoso, e temos duas crianças uma de 06 anos e um de 05 meses, a estrutura da casa foi abalada, a outra parede está balançando, cheia de rachaduras. A gente precisa muito de ajuda”, disse ela muito abalada.

“Estou desesperada, tô gravida, meu pai já é idoso”. Foto: Vilma Ribeiro/ Voz das Comunidades

Com a estrutura da casa danificada e sem ter para onde ir, a família não sabe o que fazer e teme pelo pior. “Eu tô com muito medo, porque qualquer vento ou chuva a casa pode cair ainda mais e o pior acontecer com alguém aqui. Tá muito perigoso pra gente ficar aqui, mas não temos para onde ir e já liguei muito pra Defesa Civil e até agora nada. Minha pressão já subiu, eu com 7 meses de gravidez, tenho medo de passar mal por causa do nervoso. A minha família toda fica em um cômodo da casa por medo de cair ainda mais. Eu não sei o que vamos fazer”, lamenta Ana Lúcia.

Deixe comentário