Conheça o Gabinete de Crise do Complexo do Alemão

Mais de 45 mil pessoas já foram beneficiadas. O Gabinete de Crise é formado por Coletivo Papo Reto, Mulheres em Ação no Alemão e Voz das Comunidades

Conheça o Gabinete de Crise do Complexo do Alemão

Em março deste ano, quando a pandemia do novo coronavírus começava a chegar no país, ainda se tinha muitas dúvidas sobre o vírus e a doença que ele causa, a Covid-19. Assim, nasceu Gabinete de Crise do Complexo do Alemão. Coletivo Papo Reto, Mulheres em Ação no Alemão e Voz das Comunidades formam essa equipe.

A iniciativa partiu da ativista por moradia no Complexo do Alemão, Camila Santos, que convocou outros ativistas das comunidades para juntos pensarem e agirem nas favelas.

A pandemia trouxe diversos impactos para as comunidades, além do risco de contágio pelo novo coronavírus. Moradores sofrem com desemprego, falta de saneamento básico, rendas afetadas, falta de condições adequadas de estarem em suas próprias casas, falta de assistência das autoridades públicas. Diante dessa realidade, ativistas do Complexo do Alemão se mobilizaram para arrecadar recursos para a comunidade, como uma forma de amenizar as dificuldades de tantas famílias prejudicadas.

Quem está na linha de frente do Gabinete de Crise

Ativistas tiveram de transformar suas vidas e rotinas para estar diretamente na linha de frente no combate da pandemia. Felipe França, de 28 anos, há mais de 10 anos realiza ações sociais pelo Voz das Comunidades, é um dos integrantes do Gabinete de Crise do Complexo do Alemão e falou sobre como têm sido os quatro meses de ações. “O trabalho vem sendo difícil, não só pelas complicações do vírus, mas também do não entendimento de muitos a gravidade do momento. As declarações infelizes dos governantes também agrega a isso, o pessoal perdeu o medo, “se acostumou”. Por isso, sei que realizamos um trabalho importante, pois poderia ser alguém da minha família precisando dessa ajuda”. Felipe saiu de sua casa por conta dos trabalhos de ações sociais porque com ele moram duas pessoas que fazem parte do grupo de risco.

Nesses meses de atuação, além de todo o trabalho de estar prestando assistência através das entregas de cestas básicas e kits de limpeza e higiene, existe a preocupação com a saúde de moradores, com a arrecadação de alimentos e também com o enfrentamento dos contratempos que são uma triste realidade no Complexo do Alemão. Tiroteios impedem ações sociais, como o que ocorreu no dia 27 de Abril, noticiado pelo Jornal Extra

A prioridade das ações é nas localidades em que moram famílias em maior vulnerabilidade social. Devido a isso, são feitos cadastramentos, limitados de porta em porta com o intuito de não gerar aglomerações, e pelas redes sociais do Gabinete de Crise no Facebook, Instagram e Twitter

Foto: Bento Fábio

Atuação do Gabinete de Crise

Em dados publicados no dia 16 de junho, o Gabinete de Crise do Complexo do Alemão informou que:

Todas as informações oficiais sobre o Gabinete de Crise do Complexo do Alemão são publicadas, semanalmente, nos seus perfis das redes sociais. Como prestações de contas e resumos dos trabalhos realizados durante a pandemia. Nos perfis oficiais é possível também ver como realizar sua doação e ajudar tantas famílias periféricas nesse momento delicado. 

Foto: Bento Fábio