Criança morre atingida por bala perdida no Morro do Turano

Alice foi atingida no pescoço nos primeiros minutos do ano novo

Foto: Reprodução

Uma criança morreu baleada em casa durante a queima de fogos na última sexta-feira (01), noite de réveillon, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro.

Nos primeiros minutos de 2021, Alice Pamplona da Silva de Souza, de apenas 5 anos, foi atingida por uma bala perdida no pescoço, quando estava no colo da mãe. A menina foi a primeira vítima infantil de violência este ano.

Aniversário da Alice
Foto: Reprodução/Acervo Pessoal

Parentes filmavam os fogos de artifícios quando, de repente, algo atingiu a menina. No momento, pensaram que fosse resíduos de fogos. No entanto, ao chegar no Hospital Casa de Portugal, médicos constataram que se tratava de um projétil. Por conta dos ferimentos, a garota não resistiu.

Aproximadamente 100 pessoas, entre familiares e amigos, acompanharam o velório de Alice. Esse ocorreu na tarde do último sábado (02) no Cemitério do Caju (também na zona Norte da cidade). A mãe e avó de Alice Pamplona passaram mal durante o velório. Mas parentes as ampararam. Com isso, ambas não conseguiram acompanhar o enterro.

Foto: Betinho Casas Novas

Segundo a Polícia Civil, o caso está registrado na 6ª DP (Cidade Nova), que instaurou inquérito para apurar os fatos. O caso ficou sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios da Capital. Entretanto, as investigações continuam, a fim de identificar e esclarecer de onde partiu o tiro que atingiu a criança.

Em nota, a Subsecretaria de Estado de Vitimados, responsável por oferecer atendimento psicológico e social às vítimas de violência e suas famílias, informa que ofereceu auxílio à família de Alice Pamplona. A equipe psicossocial da pasta esteve no enterro da menina e segue acompanhando o caso.